Muitas pessoas tem em seu corpo cicatrizes inestéticas ou indesejáveis, que foram produzidas por diferentes causas: cirurgias anteriores, acidentes, cortes na infância, cirurgias de urgência, furúnculos, queimaduras, etc.

Existe uma crença popular de que indo ao cirurgião plástico ele retira e desaparece com a cicatriz. Isto é um mito que tem que ser devidamente esclarecido: uma vez produzida uma cicatriz no corpo humano ela existirá sempre, por toda a vida. O cirurgião plástico, consegue cicatrizes melhores, porque ele usa uma técnica, materiais e fios adequados e sabe como colocar as cicatrizes, escolhendo as áreas e direções onde sabiamente elas têm mais chances de se tornar imperceptíveis, ou pouco perceptíveis e pouco importantes.

Em certas cirurgias estéticas, como no caso das mamoplastias e abdominoplastias, o cirurgião conseguirá as melhores cicatrizes possíveis através de técnicas, mas elas sempre existirão e serão mais ou menos importantes segundo o corpo de cada paciente.

O tratamento das cicatrizes indesejáveis pode consistir em refazê-las com técnicas mais apuradas, mudar seu direcionamento, “quebrando-as” por técnica própria (as zetaplastias), ou ainda injetando em seu interior doses fracionadas de corticoide de longa duração, o que deve ser realizado por médicos que dominem estas dosagens.

O lixamento (peeling) da cicatriz, embora divulgados popularmente como soluções, não é o tratamento adequado para cicatrizes. Pode sim ser usado lixar-se a cicatriz nas sua área periférica, vizinha, no mesmo ato operatório em que a cicatriz é retirada. Nesses casos pode-se obter resultados bem melhores, com cicatrizes finais bem menos aparentes.

O LASER TIRA CICATRIZES?

Para o tratamento das cicatrizes, ajuda, mas para o tratamento das tatuagens é muito bom. O Laser é hoje uma poderosa arma auxiliar da cirurgia plástica para certas cicatrizes. Por exemplo, existem certos tipos de feridas contaminadas, resultantes de traumas ou de pontos que se abriram que fecham muito mais rápido se usarmos uma aplicação específica de laser.

Existe a proposta do Laser de CO2, indicado para cicatrizes exuberantes o que pode ser uma boa indicação para determinados casos.

TATUAGENS: hoje podem ser tratadas de maneira bastante eficiente com o uso de um tipo específico de laser. Existem aparelhos específicos. O ‘’Spectra’’ é um deles e é no momento o que tem melhor nível de eficiência para “apagar” tatuagens, principalmente aquelas com pigmento negro, mas também é indicado para todas as cores. Este equipamento (Spectra), tem também a propriedade de tratar olheiras, manchas de pele, cloasma gravídico, nevus congênitos e micoses das unhas entre outras indicações, tendo também um bom aproveitamento para a melhoria da textura da pele. Pode ser considerado um tratamento de rejuvenescimento que precede o tratamento cirúrgico para as pacientes que ainda não querem se submeter à plástica facial.