A cirurgia íntima refere-se à reparação dos pequenos lábios da vagina. Às vezes eles são exuberantes e excessivos, ficando “sobrando” além dos limites da vagina.

Este aspecto que teoricamente são de importância menor por estar em zonas escondidas, exatamente por isso tem importância fundamental pois se expõem nos momentos de amor e de intimidade. Ainda que não se considere o parceiro, a pessoa, ela mesma tem que aceitar sua condição corporal, ficar confiante perante si própria e daí perante os outros.

O tratamento é uma cirurgia de excelentes resultados, que pode ser realizada sob anestesia local ou peridural. Consiste em procedimento que visa, dependendo de cada caso, a redução e regularização dos pequenos lábios, a regularização do prepúcio que cobre o clitóris (às vezes é muito exuberante) e ainda intervenção nos grandes lábios, injetando gordura quando são murchos ou fazendo a lipoescultura quando são exuberantes demais.

É preciso ter consciência de que grandes lábios murchos não são graciosos, portanto esse modelo deve ser evitado por aquelas que pensam ter a vulva muito exuberante. É preciso atingir o equilíbrio.

O pós operatório é semelhante a qualquer cirurgia ginecológica leve, com recuperação total em 8 a 10 dias.

 As Cirurgias íntimas são cirurgias muito gratificantes e pouco invasivas.