A mentoplastia, ou plástica do queixo, é uma cirurgia muito pouco invasiva quando é para se aumenta-lo (casos de hipomentonismo) e de ótimos resultados, pelo importante papel que o mento exerce no equilíbrio da face. O queixo se alia ao nariz para dar o equilíbrio do perfil facial.

O paciente de nariz normal ou um pouco maior, se o mento é pequeno leva ao rosto estereotipado chamado de ‘rosto de passarinho’ (Bird Face).

A correção do hipomentonismo consiste, basicamente na colocação de pequeno implante de silicone sólido por sobre o osso da mandíbula em sua parte central. A incisão é por dentro do lábio inferior, na mucosa, onde a cicatrização é bastante rápida.

Os resultados são imediatos, quando já se aprecia a projeção dada ao mento. A recuperação imediata é de 6 a 8 dias, indolor, devendo-se atentar apenas para pequeno edema que desaparece nas duas primeiras semanas em seu volume principal.

Como em qualquer cirurgia de implante de silicone, é bom ter em mente que pode ser rejeitado pelo organismo, embora a pratica clínica mostre que é raríssimo que ocorra nesta região.

Outro aspecto interessante desta cirurgia, além de seus surpreendentes e imediatos resultados é a sua reversibilidade, ou seja, retirado o implante por qualquer razão que seja, volta-se exatamente à situação anterior à cirurgia.

Já a correção do hipermentonismo , pode ser corrigida por uma cirurgia menor de tratamento pela redução basilar da mandíbula, ou pode exigir estudos mais aprofundados da mordida do paciente para se diferenciar o hiprermentonismo do prognatismo, este último resultante do crescimento exagerado da mandíbula como um todo.

O cirurgião plástico fará facilmente este diagnóstico diferencial, sendo que o tratamento do prognatismo será feito por cirurgião plásticos crâneo maxilo facial ou pelos cirurgiões dentistas buco maxilo faciais.