As massagens sempre foram um recurso importante para se acelerar a recuperação local de uma cirurgia plástica.

Surgiu então esta nova técnica, a drenagem linfática, direcionada para se escoar o linfa que fica retido nas regiões operadas com velocidade muito maior do que ocorreria naturalmente, abreviando muito o período de recuperação das cirurgias plásticas.

Costumo dizer que, se nada fizermos, os tecidos voltarão à sua condição normal, menos endurecida e menos inchada, de qualquer maneira. Mas isto requer tempo, mais de anos às vezes. Já com a drenagem linfática em poucos dias ou meses chegaremos ao resultado final para maior satisfação e desfrute do paciente.

É praticada por massoterapeutas ou fisioterapeutas que atuam seguindo a prescrição e orientação do cirurgião plástico, cumprindo um calendário que vai de 10 a 20 seções por série, em média.

Recomendamos que seja praticado em locais seguros e os profissionais que a aplicam devem ter estritos protocolos de higiene, posto que atendem a vários pacientes sucessivos e podem se tornar vetores de transporte e contaminação. Isto naturalmente não ocorre com profissionais e Serviços bem estruturados.