Especialistas recomendam check-ups anuais para controle e prevenção-Jornal da Comunidade – 1/08/09

Problemas hormonais também acometem os homens durante o processo de envelhecimento, mas só ficam perceptíveis, em geral, a partir dos 65 anos de idade. “Por isso, o paciente e seu médico devem tomar uma atitude proativa, a fim de rastrearem, com antecedência, possíveis disfunções, por meio de exames laboratoriais e de imagem”, pontua o endocrinologista André Mascarenhas, do Hospital Brasília. Diabetes tipo 2, dislipidemia, hipertensão arterial e aterosclerose são algumas patologias que incidem com maior frequência em homens que ultrapassam a marca dos 50 anos. Há, ainda, transtornos ocasionados pela queda no funcionamento de órgão endócrinos e glândulas, levando à diminuição dos níveis hormonais no organismo. Apesar de a deficiência hormonal ser mais evidente no envelhecimento, podem ocorrer situações inversas, em que hormônios são produzidos excessivamente, como é o caso do hipertireoidismo. O problema pode ser corrigido com a utilização de medicamentos que bloqueiem a ação da glândula, normalizando os níveis. “É importante lembrar que a prescrição hormonal deve ser feita por profissionais habilitados”, frisa André, que também recomenda consultas anuais como forma de prevenção, controle e avaliação. O mesmo conselho vale para outras especialidades, como a cardiologia. “A consulta por si só não reduz nenhum risco, mas é bom verificar se há algo errado”, pondera o cardiologista Edson D’Ávila. Equilíbrio
A médica ortomolecular Lúcia Teixeira, do Hospital Daher, acredita que o organismo humano não acompanhou a evolução do mundo. “Temos poluição, agrotóxicos, estresse, níveis elevados de competitividade, e o corpo não consegue lidar com isso adequadamente”, analisa.
A partir dos 50 anos, a situação se agrava. “Nesta idade, o homem não tem o mesmo pique, mas ainda sofre com muito estresse, provocando a liberação de adrenalina e cortisol no organismo, substâncias que agem nos sistemas vascular, arterial e imunológico, de forma a prejudicar o seu bom funcionamento”, alerta. “Além disso, há a tendência à acomodação física, sem contar a falta de hábito do público masculino em fazer check-ups”. Para corrigir esses danos, a terapia ortomolecular inclui a reposição de substâncias a partir de uma avaliação preliminar do paciente. O diagnóstico é feito por exames de sangue e de cabelo (uma amostra capilar indica as substâncias tóxicas presentes no organismo), verificação de radicais livres (moléculas instáveis que reagem com outras mais equilibradas e alteram suas propriedades, prejudicando sua ação) e checagem de alergias, intolerâncias e possíveis doenças. É feita uma avaliação do histórico familiar quanto à existência de patologias e são elaboradas fórmulas medicinais personalizadas para cada paciente, contendo substâncias como vitaminas, minerais, aminoácidos, ácidos graxos e hormônios. O tempo de consumo das medicações normalmente é indeterminado, e o paciente deve passar por novas avaliações periódicas para verificar o andamento. Há também a possibilidade de tratamentos circunstanciais, de curto prazo. Porém, nada disso se compara aos resultados obtidos com a prevenção. “Evitar ou detectar uma doença no início é uma coisa. Tratar e curar é outra”, pontua Lúcia. Contudo, ela não acredita em medidas extremas ou posturas radicais. “Não adianta nada viver muito e mal. É preciso fazer o que se gosta, senão não dá resultado”, ensina a médica, que recomenda realizar check-ups médicos anuais, manter uma rotina regular de sono, praticar atividades físicas regulares, moderar o consumo de álcool e eliminar completamente comidas gordurosas do cardápio.

Veja aqui a matéria na íntegra

 

]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Hospital Daher oferece novo serviço de alimentação
Próximo post
Estresse pode ser combatido – Jornal da Comunidade -01/08/09

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

    Menu

    Olá! Nosso site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Para saber como alterar as configurações de cookies do seu navegador, clique aqui.

    Se continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    Abaixo, você pode escolher que tipo de cookies você permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

    FuncionaisNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.Ao continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    AnalíticosNosso site utiliza cookies analíticos para possibilitar a análise e otimização para fins de usabilidade.

    Mídias sociaisNosso site coloca cookies de mídias sociais para mostrar a você conteúdo de terceiros, como YouTube e FaceBook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    PropagandaNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    OutrosNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços que não são analíticos, de mídias sociais ou de publicidade.