Especialistas recomendam check-ups anuais para controle e prevenção-Jornal da Comunidade – 1/08/09

Problemas hormonais também acometem os homens durante o processo de envelhecimento, mas só ficam perceptíveis, em geral, a partir dos 65 anos de idade. “Por isso, o paciente e seu médico devem tomar uma atitude proativa, a fim de rastrearem, com antecedência, possíveis disfunções, por meio de exames laboratoriais e de imagem”, pontua o endocrinologista André Mascarenhas, do Hospital Brasília. Diabetes tipo 2, dislipidemia, hipertensão arterial e aterosclerose são algumas patologias que incidem com maior frequência em homens que ultrapassam a marca dos 50 anos. Há, ainda, transtornos ocasionados pela queda no funcionamento de órgão endócrinos e glândulas, levando à diminuição dos níveis hormonais no organismo. Apesar de a deficiência hormonal ser mais evidente no envelhecimento, podem ocorrer situações inversas, em que hormônios são produzidos excessivamente, como é o caso do hipertireoidismo. O problema pode ser corrigido com a utilização de medicamentos que bloqueiem a ação da glândula, normalizando os níveis. “É importante lembrar que a prescrição hormonal deve ser feita por profissionais habilitados”, frisa André, que também recomenda consultas anuais como forma de prevenção, controle e avaliação. O mesmo conselho vale para outras especialidades, como a cardiologia. “A consulta por si só não reduz nenhum risco, mas é bom verificar se há algo errado”, pondera o cardiologista Edson D’Ávila. Equilíbrio
A médica ortomolecular Lúcia Teixeira, do Hospital Daher, acredita que o organismo humano não acompanhou a evolução do mundo. “Temos poluição, agrotóxicos, estresse, níveis elevados de competitividade, e o corpo não consegue lidar com isso adequadamente”, analisa.
A partir dos 50 anos, a situação se agrava. “Nesta idade, o homem não tem o mesmo pique, mas ainda sofre com muito estresse, provocando a liberação de adrenalina e cortisol no organismo, substâncias que agem nos sistemas vascular, arterial e imunológico, de forma a prejudicar o seu bom funcionamento”, alerta. “Além disso, há a tendência à acomodação física, sem contar a falta de hábito do público masculino em fazer check-ups”. Para corrigir esses danos, a terapia ortomolecular inclui a reposição de substâncias a partir de uma avaliação preliminar do paciente. O diagnóstico é feito por exames de sangue e de cabelo (uma amostra capilar indica as substâncias tóxicas presentes no organismo), verificação de radicais livres (moléculas instáveis que reagem com outras mais equilibradas e alteram suas propriedades, prejudicando sua ação) e checagem de alergias, intolerâncias e possíveis doenças. É feita uma avaliação do histórico familiar quanto à existência de patologias e são elaboradas fórmulas medicinais personalizadas para cada paciente, contendo substâncias como vitaminas, minerais, aminoácidos, ácidos graxos e hormônios. O tempo de consumo das medicações normalmente é indeterminado, e o paciente deve passar por novas avaliações periódicas para verificar o andamento. Há também a possibilidade de tratamentos circunstanciais, de curto prazo. Porém, nada disso se compara aos resultados obtidos com a prevenção. “Evitar ou detectar uma doença no início é uma coisa. Tratar e curar é outra”, pontua Lúcia. Contudo, ela não acredita em medidas extremas ou posturas radicais. “Não adianta nada viver muito e mal. É preciso fazer o que se gosta, senão não dá resultado”, ensina a médica, que recomenda realizar check-ups médicos anuais, manter uma rotina regular de sono, praticar atividades físicas regulares, moderar o consumo de álcool e eliminar completamente comidas gordurosas do cardápio.

Veja aqui a matéria na íntegra

 

]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Hospital Daher oferece novo serviço de alimentação
Próximo post
Estresse pode ser combatido – Jornal da Comunidade -01/08/09

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu