Misturar energéticos e álcool aumenta risco de problemas cardíacos

Misturar energéticos com bebidas alcoólicas pode aumentar o risco de desenvolver problemas cardíacos. É o que sugere estudo de pesquisadores da University of Tasmania, na Austrália. A pesquisa revela que os efeitos colaterais do consumo de bebidas energéticas e álcool são semelhantes aos relatados por consumidores de cafeína em excesso, por exemplo, palpitações, agitação, irritabilidade e tensão. A pesquisadora Amy Peacock e seus colegas coletaram dados de 403 australianos (159 homens, 244 mulheres) de 18 a 35 anos de idade, que completaram um questionário entre maio e junho de 2011. Todos os participantes tinham consumido álcool em conjunto com energéticos nos seis meses que antecederam o estudo. Eles responderam a perguntas sobre a ocorrência de 17 estados de fisiológicos e 21 de humor, bem como 26 comportamentos de risco distintos quando beberam álcool e bebidas energéticas e quando consumiram apenas álcool. Os resultados mostraram que pessoas que consumiam energéticos juntamente com álcool tinham uma chance maior de experimentar diversos efeitos colaterais relacionados à estimulação excessiva, incluindo palpitações, aumento da velocidade de fala, dificuldades para dormir, agitação, tremores, irritabilidade e tensão. "Os efeitos colaterais do consumo de álcool e energéticos foram semelhantes aos relatados por consumidores de cafeína. Para evitar isso, os consumidores de bebidas energéticas, isoladamente ou combinados com álcool, devem estar cientes do conteúdo de cafeína de suas bebidas e que qualquer cafeína adicional que eles consumam contribuirá para uma exacerbação desses efeitos", conclui a pesquisadora Andrea Carr.

Fonte: Isaúde – 17/08/12

]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Observar as pintas no corpo pode ajudar a prevenir o câncer de pele
Próximo post
Fumar durante a gravidez aumenta o risco de asma nos filhos

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu