Dieta baseada em alimentos crus aumenta a energia e desintoxica

Dispense fogão e micro-ondas para provar os sabores e os benefícios da chamada alimentação viva, ou raw food, como é conhecida internacionalmente. Ela é baseada no consumo de verduras, frutas, raízes e legumes crus e frescos, além de castanhas, sementes e grãos geralmente germinados. Os alimentos podem ser aquecidos até 42oC, no máximo. “Estudos comprovam que acima desta temperatura, eles perdem vitaminas, proteínas e enzimas, que são compostas de várias proteínas. Isso prejudica a assimilação dos nutrientes e a digestão, pois o organismo terá que usar as próprias enzimas para digerir a comida”, afirma a chef internacional e consultora Manuela Scalini. “Ao comermos alimentos crus, a digestão é mais rápida e gasta menos energia, que é aproveitada para outras atividades. Passamos a ter muito mais disposição, física e mental”, acrescenta. A alimentação viva também parte do princípio de que os vegetais têm uma energia vital, que é aproveitada pelo corpo humano, quando consumidos em seu estado natural. Além disso, é encarada como um recurso eficiente para desintoxicar o organismo, já que se baseia em produtos no seu estado puro, sem conservantes e hormônios. Por isso, são usados alimentos orgânicos, de preferência. Manuela, por exemplo, conduzirá um programa de desintoxicação ao longo de um cruzeiro pela Amazônia em novembro.   

Fonte: Uol, 10 de setembro de 2012

]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Estresse induz retenção de sal no organismo e aumenta pressão arterial
Próximo post
Qualidade de vida ajuda a prevenir o colesterol alto

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu