Ômega-3 e exercícios físicos podem retardar envelhecimento muscular

Uma alimentação rica em ômega-3 associada à prática diária de exercícios físicos pode ajudar a retardar o envelhecimento. Essa é a conclusão de uma pesquisa realizada na Universidade de Aberdeen, na Grã-Bretanha. A pesquisa envolveu voluntárias idosas que praticaram exercícios durante 12 semanas, em duas sessões de 30 minutos de atividades específicas para os músculos das pernas por semana. Metade das participantes ingeriu ácidos graxos EPA (ácido eicosapentanoico) e DHA (ácido docosahexanoico), ricos em ômega-3, e a outra metade recebeu um placebo de azeite de oliva para controle. Os pesquisadores mediram tônus muscular das pernas dessas mulheres antes e depois dos experimentos. Os resultados mostraram que as idosas que ingeriram azeite de oliva aumentaram sua massa muscular em 11% enquanto as que receberam os óleos EPA e DHA tiveram aumento de 20%. O processo de envelhecimento, conhecido como sarcopenia, implica numa perda muscular de 0,5 a 2% por ano e pode resultar em fraqueza e perda de mobilidade em idosos. Dados dos Estados Unidos mostram que 25% das pessoas com idade entre 50 e 70 anos têm sarcopenia e isto aumenta para mais da metade daqueles com mais de 80 anos. O estilo de vida influencia na taxa de perda muscular. Baixo consumo de proteínas e o sedentarismo, por exemplo, aumentam as chances de desenvolver o problema. Os pesquisadores recomendam a ingestão diária de alimentos ricos em ômega-3 e a prática regular de exercícios físicos para retardar a perda muscular.

Fonte: Boa saúde, 14 de setembro de 2012

]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Exercício físico ajuda a lidar com situações de estresse em longo prazo
Próximo post
Latitude influencia a regulação do sono, aponta estudo

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu