Tabagismo passivo causa milhares de mortes por ano

O tabagismo é uma das principais causas de morte no mundo, podendo até mesmo causar o falecimento de pessoas que nunca acenderam um cigarro. Uma nova pesquisa mostra que nos Estados Unidos cerca de 42.000 fumantes passivos morrem todos os anos, sendo que dentre esse número 900 vítimas são crianças. É difícil ter dados exatos para essa questão, já que o tabagismo passivo é analisado de acordo com depoimentos da própria pessoa e por isso as informações podem não ser confiáveis. Além disso, a qualidade ruim do ar em grandes cidades dificulta a diferenciação dos danos causados pelo cigarro e os danos causados por outros fatores nocivos presentes no ambiente. “É verdade que fumar é proibido em muitos lugares públicos e locais de trabalho. Porém, o nosso uso do biomarcador indica que as pessoas ainda são mais expostas do que elas imaginam. Muito disso pode ocorrer em casa, ou não. Estudos mostram que até mesmo pequenas quantidades de exposição ao tabagismo passivo podem ter um impacto negativo na saúde, particularmente para pessoas que são vulneráveis por diversas razões”, explica a pesquisadora Wendy Max, da Universidade da Califórnia (EUA). A pesquisa foi publicada no periódico American Journal of Public Health.

Fonte: Boa saúde, 03 de outubro de 2012

]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Genética torna mulheres mais vulneráveis à obsessão pela magreza
Próximo post
Crianças que comem muito fast food desenvolvem QI menor, diz estudo

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu