Ficar sentado por muito tempo eleva chances de morte por série de doenças

 Para a Organização Mundial da Saúde (OMS), 20 minutos diários de atividade física intensa o bastante para promover cansaço bastam para que a pessoa não seja considerada sedentária e para diminuir consideravelmente as chances de desenvolver uma série de doenças. Pesquisas recentes, contudo, mostram que a manutenção de um corpo saudável é mais complexa. Não que a recomendação do órgão ligado às Nações Unidas não seja válida. É sim. Mas é importante não ficar muito tempo parado no restante do dia.

Mesmo que o indivíduo seja um atleta, caso ele passe mais de quatro horas ininterruptas sentado diariamente, ele entra no grupo de risco para todas as causas de mortalidade. Sim, é isso mesmo. Segundo um estudo australiano publicado recentemente no periódico Archives of Internal Medicine, ficar sem se mexer por muito tempo pode levar à morte mais cedo, e o risco cresce à medida que aumenta o número de horas colado à cadeira. De acordo com os resultados do estudo, ficar sentado mais de seis horas por dia, por exemplo, aumenta em 40% as possibilidades de alguém morrer nos próximos 15 anos. Se o período parado sobre para 11 horas, dobra-se o risco de morte em apenas três anos.

Fonte: Correio Braziliense, 31 de outubro de 2012

]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Duas porções de peixe por semana podem diminuir riscos de AVC
Próximo post
Câncer de pele é um dos mais frequentes no Brasil

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu