Nódulos na tireoide podem não ser câncer

disturbios-tireoide-300x200Se notou a presença de um nódulo na tireoide, não precisa se assustar. Dados dos Instituto Nacional do Câncer revelam que 97% desses casos não significam que a pessoa está com câncer. Geralmente, a doença é detectada em 3% dos casos, que costumam ter baixa ocorrência e uma grande chance de cura. No entanto, pacientes com história de irradiação prévia na região do pescoço ou que tenham um histórico de doença tumoral tireoidiana na família deverão ser submetidos a exames mais minuciosos. Em geral, distúrbios da tiroide costumam ser diagnosticados com um simples exame de sangue. Mas, quando o médico clínico geral ou endocrinologista detectar a presença de nódulos, o ideal e se submeter a exames complementares como ultrassonografia, cintilografia ou até mesmo uma biopsia. Mulheres têm três vezes mais chances de desenvolver distúrbios da tireoide entre 30 e 40 anos, principalmente o hipotireoidismo, quando a glândula tireoide que tem a forma de uma borboleta e está localizada logo abaixo da saliência conhecida como “pomo-de-adão” passa a apresentar redução na quantidade de hormônio tireoidiano (T3 e T4), comprometendo diversas funções do organismo. A doença provoca cansação, enfraquecimento das unhas, queda acentuada de cabelo, sonolência, ganho de peso, constipação e dor no corpo. Fonte: R7/Estadão, 09 de janeiro de 2013]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Substância derivada do tomate pode reduzir o risco de ataques cardíacos
Próximo post
Pesquisa liga bebidas diet a maior risco de depressão

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu
Clique e marque