Amamentar reduz risco de câncer de ovário em quase dois terços

pesquisa-sugere-que-quanto-maior-o-perioO aleitamento materno pode reduzir o risco de câncer de ovário em quase dois terços, de acordo com estudo realizado por cientistas australianos. A pesquisa sugere ainda que quanto mais a mulher continua amamentando, maior a proteção contra a doença. As informações são do Daily Mail. A equipe da Curtin University estudou 493 mulheres diagnosticadas com câncer de ovário e comparou-as com 472 voluntárias saudáveis da mesma idade. Cada uma respondeu a um questionário sobre quantos filhos tiveram e por quanto tempo amamentaram cada um. Os resultados mostraram que aquelas que amamentaram uma criança por pelo menos 13 meses, tinham 63% menos probabilidade de desenvolver um tumor do que aquelas que o fizeram por menos de sete meses. Segundo os pesquisadores, quanto mais crianças as mulheres tinham, maior o efeito protetor. Mães que tinham três filhos e amamentaram por um total de 31 meses ou mais reduziram suas chances de tumores de ovário em 91%. A equipe acredita que a explicação seja que a amamentação retarda a ovulação e os cientistas acreditam que um maior número de ovulações aumenta o risco de formação de células mutantes devido à exposição a altos níveis de estrogênio. Fonte: Isaúde, 16 de janeiro de 2013]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Refrigerantes: Um Problema para os Dentes
Próximo post
Figo é rico em fibras e ajuda na cicatrização

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu