Enchentes podem causar doenças

enchente_leptospirose1Muitas regiões brasileiras ainda sofrem com as enchentes, especialmente nesta época do ano. O que muitas pessoas não sabem é que, além dos danos materiais, as inundações podem causar doenças, que ocorrem devido à ingestão de água contaminada e ao contato dessa com a pele. O lixo acumulado nas ruas ou jogado nos rios favorece a proliferação de insetos e animais que podem causar doenças, como insetos, baratas e ratos. O Ministério da Saúde sugere algumas medidas que podem ajudar na prevenção dessas doenças. É fundamental a ingestão de água potável. Em caso de desabastecimento, existem duas opções: a primeira é filtrar e ferver a água, e a segunda é procurar nas secretarias municipais ou estaduais o hipoclorito de sódio (2,5%), que é distribuído gratuitamente. Além disso, o uso de botas e luvas de proteção é indispensável para evitar o contato com a água da enchente, o que pode causar infecções na pele. É preciso ficar atento ao aspecto e qualidade do alimento a ser consumido. Aqueles que tiveram contato com a água das enchentes devem ser descartados, mesmo os de horta. ntre as doenças que podem ser adquiridas com comida e água contaminadas estão diarreias, vômitos, febre que, em casos mais graves, pode resultar em morte. A volta para casa só deve ser feita após autorização da Defesa Civil, e a limpeza da residência deve ser realizada com água, sabão e água sanitária, realizada sempre com o uso de equipamentos de proteção, como calças, botas e luvas. A vacinação é importante para evitar doenças como o tétano, sendo que as vacinas estão disponíveis gratuitamente nos postos de saúde. Devido às inundações, podem ocorrer acidentes com serpentes, aranhas e escorpiões. Por isso, é necessário aumentar a atenção no momento da limpeza, já que esses animais peçonhentos podem se esconder em locais como roupas, móveis e sapatos. A caixa d’água, item esquecido por muitos durante a limpeza, também deve ser lavada. As principais doenças que podem ocorrer nestas situações são a leptospirose, hepatite A, doenças diarreicas e respiratórias, dengue, febre tifoide e cólera. Além disso, a água que pode ficar acumulada após a inundação pode virar criadouro para o mosquito da dengue. Fonte: Boa Saúde/Ministério da Saúde, 30 de janeiro de 2013]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Previna o contágio da gripe
Próximo post
Pipoca: um estouro em antioxidantes e fibras

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

    Menu

    Olá! Nosso site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Para saber como alterar as configurações de cookies do seu navegador, clique aqui.

    Se continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    Abaixo, você pode escolher que tipo de cookies você permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

    FuncionaisNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.Ao continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    AnalíticosNosso site utiliza cookies analíticos para possibilitar a análise e otimização para fins de usabilidade.

    Mídias sociaisNosso site coloca cookies de mídias sociais para mostrar a você conteúdo de terceiros, como YouTube e FaceBook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    PropagandaNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    OutrosNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços que não são analíticos, de mídias sociais ou de publicidade.