Saiba como prevenir e tratar as manchas nas axilas

axilas-15_12237_18886Com o tempo esquentando, o drama de muitas mulheres volta a incomodar: a pele das axilas escurecida. No inverno, o problema fica escondido, já no verão é o motivo número 1 para que as peças com mangas dêem lugar às regatas e alcinhas muito mais fresquinhas. O escurecimento da pele é mais comum nas peles morenas e negras, mas quem tem pele clara também pode sofrer com as manchas. Isso porque, elas podem ser causadas pelo excesso de melanina ou por agressões que a pele sofre. “Em geral, as agressões são ocasionadas pelo atrito da pele com o tecido da roupa, depilação, alterações hormonais e desodorantes que contem álcool em suas fórmulas”, explica o dermatologista Jorge Mariz. A quantidade de suor também pode causar as manchas, assim como a obesidade (já que, quando há excesso de peso, o atrito é maior. Manchas nas axilas Mas existem tratamentos que são capazes de clarear as axilas, deixando a região livre da pigmentação escura. São boas opções para solucionar o problema os clareamentos com laser, que removem parte da pigmentação escura, ácidos clareadores e peelings superficiais. “O tipo de tratamento, o número de sessões e os resultados vão depender do grau de hiperpigmentação da pele”, explica Jorge Mariz. “Nas peles onde o problema é superficial os tratamentos mais comuns são feitos com cremes despigmentantes, que são aplicados diretamente sobre o local”, diz o especialista. Peeling O peeling é o tratamento mais eficaz, mas também o mais agressivo, já que queima a região escurecida. “No peeling, usamos uma substância ácida para queimar a região. Esta queimadura superficial provoca uma descamação e consequente remoção da hiperpigmentação total ou parcial da pele”, explica o dermatologista Cesar Cuono. Mas, por ser superficial, o tratamento não resolve os casos em que a área está escura demais. Durante a aplicação, você sente apenas um ardor. Mas a sensação passa em minutos e nenhum desconforto permanece (a não ser a descamação que irá acontecer). Luz pulsada É um dos tratamentos mais recomendados para as manchas muito escuras. A luz pulsada funciona à base de raios luminosos que ajudam a diminuir a pigmentação extra da pele. “Os raios são absorvidos pela melanina acumulada e destroem este pigmento. Dependendo do tipo de pele e da concentração de melanina, pode-se sentir uma picada no disparo da luz, seguida de uma sensação de ardor. Mas o desconforto some em poucos minutos”, explica o dermatologista Cesar Cuono. Tratando em casa Já existem desodorantes que prometem ajudar a reverter o problema. Os produtos são livres de álcool e possuem nutrientes que ajudam acelerar o processo de renovação da pele, ajudando a remover as células escuras. E muito cuidado com as receitinhas caseiras para clarear a pele. Elas não funcionam e podem até colocar sua saúde em risco. “O limão, por exemplo, é ácido e quando exposto ao sol, pode queimar e provocar lesões graves na pele. O ideal é procurar um especialista e investir em tratamentos seguros”, explica a dermatologista da Unifesp, Solange Teixeira. Conheça outros perigos: -Maisena: o amido realmente acalma a irritação aliviando o problema, mas não é capaz de clarear a pele, por isso, não funciona. -Limão com açúcar: essa é a pior saída. Se exposto ao sol, você poderá sofrer queimaduras graves. -Fubá com aveia: a espessura granulada da mistura pode ferir ainda mais a pele, provocando o escurecimento mais intenso. -Água oxigenada: é um produto químico que pode agredir a pele de forma intensa, provocando lesões, queimaduras e até intoxicação. -Talco: ele ajuda a diminuir o atrito no local, porém, sua composição química pode irritar a pele causando o efeito contrário. Faça o teste antes de usar. Previna as manchas escuras Algumas medidas preventivas ajudam a afastar as manchas das axilas. Veja quais são elas: -Nunca use desodorantes ou cremes com álcool na fórmula -Use e abuse de cremes hidratantes -Prefira a depilação com cera ou a laser à feita com lâmina -Use roupas mais leves e menos coladas ao corpo para não irritar a pele -Prefira desodorantes com substâncias hidratantes e que controlam o suor (antitranspirantes) Fonte: Minha Vida, 22 de fevereiro de 2013]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Mosquito da dengue criou resistência a repelente, diz pesquisa
Próximo post
Conheça os benefícios de dez variedades de frutas

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

    Menu

    Olá! Nosso site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Para saber como alterar as configurações de cookies do seu navegador, clique aqui.

    Se continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    Abaixo, você pode escolher que tipo de cookies você permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

    FuncionaisNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.Ao continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    AnalíticosNosso site utiliza cookies analíticos para possibilitar a análise e otimização para fins de usabilidade.

    Mídias sociaisNosso site coloca cookies de mídias sociais para mostrar a você conteúdo de terceiros, como YouTube e FaceBook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    PropagandaNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    OutrosNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços que não são analíticos, de mídias sociais ou de publicidade.