Saiba como o trabalho noturno prejudica a saúde

Driver asleep in carMuitos indivíduos possuem horários de trabalho noturno, sem saber que isso pode trazer algumas consequências à sua saúde. Além do trabalho em período noturno, a alimentação também pode trazer perigos à vida do indivíduo, entre eles, colaborar com o desenvolvimento da obesidade, o transtorno metabólico e o diabetes. Tendo isso em vista, separamos algumas informações sobre como o trabalho noturno prejudica a saúde. Trabalho noturno  Há tempos que os cientistas pesquisam os efeitos do trabalho noturno na vida dos indivíduos. Dentre todas as descobertas, eles avaliaram que a ação da insulina (hormônio regulador do açúcar no sangue) aumenta ou diminui, de acordo com o ritmo circadiano de 24 horas. Ou seja, a maioria dos processos fisiológicos do nosso corpo, possuem ritmos diferentes durante o dia e a noite. Isso inclui o comportamento da alimentação, do metabolismo de lipídios e dos carboidratos, assim como dos sonhos. Quando ocorre uma alteração da sincronia no ritmo circadiano, por exemplo, diante de uma jornada de trabalho noturna, resulta em um desajuste. Este é o principal responsável em desregular o peso corporal, assim como afetar a metabolização da glicose (açúcar) e das gorduras. Como consequência, a pessoa tem chance elevada de desenvolver diabetes, pressão alta ou se tornar obesa. Compreendendo mais sobre a pesquisa Os experimentos sobre os efeitos da jornada de trabalho noturno ao organismo foram realizados com cobaias, nesse caso, ratos. Através dessa avaliação, foi mostrado que as cobaias não conseguiram manter uma regularidade, afetando o ciclo circadiano. Este, por sua vez, colabora com a alteração do metabolismo da insulina, trazendo como efeitos, a resistência à insulina. Como resultado, o indivíduo se torna mais propenso a se tornar obeso. Além dessa avaliação, os cientistas conseguiram concluir que algumas partes do metabolismo são alteradas em função da hora do dia, incluindo o sistema nervoso central, sistema digestivo e o sistema cardiovascular. Assim, um indivíduo noturno, possui grandes chances de padecer de problemas que variam desde transtornos neuropsicológicos, até doenças cardiovasculares. A jornada noturna aumenta o risco de acidentes Além dos efeito negativos, anteriormente citados, foi comprovado que indivíduos que trabalham a noite possuem maior chance de cometer erros, colocando em risco não apensas sua vida, mas a de outros funcionários. Dados revelam que em torno de 90% dos incidentes mais graves são registrados no turno noturno. Alguns exemplos que ficaram mundialmente conhecidos são o acidente com a usina nuclear de Chernobyl ou o do petroleiro Exxon Valdez. Devido a grande dificuldade em arranjar uma vaga de emprego, diversos indivíduos acabam se submetendo a jornadas de trabalho exaustivas, incluindo as jornadas de trabalho noturno. Como resultado, muitos desses trabalhadores acabam sofrendo as consequências, incluindo o desenvolvimento de doenças que coloca em risco a vida. Fonte: Mundo dos Tribos, 27 de fevereiro de 2013]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Seis estratégias para prevenir e controlar a síndrome metabólica
Próximo post
Falta de sono gera alterações 'dramáticas' no corpo, diz estudo

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu