Sete dicas para deixar seu miojo mais saudável

miojoBendito seja Momofuku Ando que, em 25 de agosto de 1958, descobriu como preparar um macarrão em apenas três minutos. Afinal, quem nunca chegou em casa com aquela preguiça e optou por preparar um “miojo”, como se popularizou o lámen no Brasil? Saboroso, quentinho e rápido, ele parece o prato ideal para quem está sem tempo de cozinhar, especialmente em dias frios. “Toda essa praticidade, entretanto, esconde um teor nutritivo baixíssimo”, alerta a nutricionista Maria Fernanda Cortez. Segundo a análise da embalagem de uma das marcas mais conhecidas do mercado feita por ela, só o tempero contém cerca de 50% do valor diário de sódio em uma dieta de duas mil calorias. A massa, por sua vez, oferece 32% do valor diário de gordura saturada que deveríamos consumir. Por outro lado, mesmo não sendo a refeição ideal para ser consumida diariamente, o macarrão abre portas para diversas receitas criativas que podem incluir alimentos altamente nutritivos.Com a ajuda da nutricionista Rosana Farah, elaboramos sete dicas para deixar seu lámen mais saudável. Confira: Faça seu próprio tempero Deixe de lado aquele temperinho pronto que vem dentro da embalagem do macarrão instantâneo e utilize ervas e temperos naturais. “Uma ótima opção é o manjericão, que, além de deixar a comida com um ótimo aroma, também tem poder antibacteriano, protegendo as células do nosso corpo”, indica Rosana. O alho também pode dar um gostinho a mais à refeição e, de quebra, você ainda combate doenças como gripe, diabetes e até câncer. Acrescente legumes e verduras “Podem ser adicionados quaisquer tipos de legumes e verduras, dependendo apenas da preferência do cozinheiro”, aponta a nutricionista. A couve, por exemplo, é rica em cálcio, ferro e fósforo, realizando um papel de desintoxicação do organismo. Já a cenoura é uma importante fonte das vitaminas B e C, que trazem inúmeros benefícios ao sistema imunológico. Invista nos molhos Outra maneira de substituir o uso do tempero pronto do lámen é preparando molhos. Para Rosana, o de tomate é sempre a melhor opção. “Ele contém uma substância chamada licopeno, antioxidante que combate os radicais livres, prevenindo contra o envelhecimento precoce e diversos tipos de câncer, como o de próstata”, esclarece Rosana Farah. Coloque azeite Para dar um gostinho a mais, outra dica é acrescentar azeite de oliva extra-virgem ao macarrão. “Ele contém ômega 3, substância que atua como um antioxidante no organismo”, explica. Apesar do benefício, sua ingestão deve ser controlada, pois esse alimento é altamente calórico. Adicione carnes Carnes são importantes fontes de proteínas e exercem a função de reparação e construção de tecidos. Por isso, adicione esse alimento de preferência grelhado, assado ou cozido ao macarrão. Entretanto, se a preparação for feita junto com a água do macarrão não despreze o caldo, pois grande parte dos nutrientes das carnes se encontra nele. Seja criativo A prática massa do miojo pode dar origem a diversos outros pratos. Um deles é a lasanha. Como o macarrão é compactado em blocos, fica fácil quebrá-lo e distribuí-lo como se fosse uma massa. Já o recheio pode variar de acordo com o gosto de cada um, desde o tradicional presunto com queijo até um mais elaborado com espinafre e molho branco. Prepare um yakisoba Nada mais simples do que transformar um simples macarrão instantâneo em um elaborado Yakisoba lotado de legumes e vegetais. O prato costuma incluir frango, carne, brócolis, cenoura, couve-flor, pimentão e cebola. Após refogados, esses alimentos precisam apenas ser adicionados ao macarrão cozido sem o tempero. Como toque final, acrescente shoyu e gergelim, sem exagerar no primeiro, já que ele tem alta concentração de sódio. Fonte: Minha Vida, 01 de março de 2013]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
“O segredo do envelhecimento saudável está na alimentação”, alerta geriatra
Próximo post
Técnica aumenta eficácia da quimioterapia em até 10 mil vezes

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu