Apesar de calórico, abacate ajuda a regular o colesterol

Cápsulas Werutscky lembra que o abacate também possui o ácido oleico. “Trata-se de um ácido graxo essencial. Se uma pessoa tiver um consumo baixo desta substância, com o tempo, poderá desenvolver uma imunodepressão, ou seja, baixa imunidade”. O farmacêutico afirma que o ácido oleico é também conhecido como ômega 9, essencial na síntese dos hormônios que mantêm o nosso organismo em equilíbrio em todos os sentidos. “O ômega 9 também auxilia na diminuição da concentração do colesterol ruim e aumenta o colesterol bom”, afirma Xavier que também é consultor-técnico da NutraWay, empresa que está lançando óleo de abacate em cápsulas. O produto é extraído da polpa da fruta madura e da semente, sendo constituído de aproximadamente 60 a 80% de ácidos graxos insaturados. Segundo a empresa, trata-se de uma alternativa prática para facilitar o consumo de alimentos essenciais à saúde. “Para que seja mantida 100% da integridade de todas as propriedades do óleo de abacate, utilizamos para a sua obtenção a técnica de “Prensagem a Frio e Filtração”, também conhecida como “Cold Pressing and Filtration””, conta o farmacêutico. O abacate foi escolhido por ser uma fruta muito rica por seus nutrientes, diz Xavier. Ele explica que o óleo da fruta, que já é encontrado em lojas de produtos naturais, farmácias e supermercados, já vem com uma dose estimada que não é prejudicial à saúde. Mas alerta: “Para obter 100% da eficácia do produto, deve-se procurar um médico ou nutricionista que avalie as características idiossincráticas do indivíduo e prescreva a dose ideal”. O nutrólogo Carlos Alberto Werutsky, no entanto, tem ressalvas em relação à novidade e diz que, por enquanto, não há evidências científicas sobre algum benefício proporcionado pelo produto. “Nenhum suplemento deve ter a pretensão de substituir a fruta in natura. Até que ponto a pressão utilizada não altera o produto? Até que ponto podemos confiar? Acredito que seja melhor consumir a fruta”, avalia o médico. A nutricionista Daísa Pinhal também é reticente: “É comprovado que o ácido oleico é benéfico à saúde, porém, para fazer qualquer afirmação, teria que ver a composição total do produto”. Fonte: Uol]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Hipertensão mata 9,4 milhões de pessoas todos os anos, diz OMS
Próximo post
Você precisa comer mais peixe (e não apenas na Páscoa)

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu