Implante no cérebro pode curar Transtorno Obsessivo Compulsivo

12_01_25_666_fileUma cirurgia que implanta eletrodos no cérebro promete ser a cura para quem sofre de Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC). Atualmente, 2% da população sofre da doença no Brasil. A pessoa que possui o distúrbio tem comportamento estranho e manias exageradas relacionadas com saúde, limpeza e organização, dentre outras. Estas manias podem se tornar rituais incontroláveis e até mesmo paralizar a vida de quem sofre com a doença. Apesar de ser um procedimento tranquilo para o paciente, a cirurgia é trabalhosa para os médicos e pode durar até 12h. Os eletrodos são colocados em regiões específicas do cérebro do paciente. O procedimento, que custa mais de R$ 300 mil, não é coberto pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Porém, os médicos afirmam que só é possível ter certeza de que a doença foi curada após três meses da operação.]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Narguilé causa maior exposição a substâncias tóxicas do que cigarro
Próximo post
Comum no outono, conjuntivite pode ser evitada com higiene das mãos

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu