Cirurgia para reparar excesso de pele é indicada após redução de estômago

374_bariatrica_300divu-681770-4ffee8881ab3bCirurgia bariátrica: pode parecer um milagre, mas não é. Para quem sofre com o excesso de peso e já tentou todas as alternativas possíveis, como reeducação alimentar, atividade física e até mesmo medicamentos, a cirurgia é indicada. Mas ela não é uma solução milagrosa e só traz bons resultados se o paciente mudar os hábitos de vida, como explicou o cirurgião plástico Moacyr Pires de Mello Filho. Fora isso, depois da operação, o paciente ainda precisa enfrentar muitos desafios, como por exemplo, o excesso de pele. O problema não é apenas uma preocupação estética, mas também de saúde já que pode causar dermatites de contato, assaduras e até mesmo infecções. Por isso, retirar essa pele com uma cirurgia é uma indicação dos médicos para melhorar a qualidade de vida do paciente. Normalmente, a primeira parte do corpo que é operada é o abdômen, mas é preciso também retirar a pele dos braços, coxas e mamas. Porém, isso é feito separadamente, uma cirurgia de cada vez. De acordo com o cirurgião plástico Wilson Cintra, se o médico associar todas as cirurgias, o paciente pode ter um pós-operatório complicado, com dores, desconforto e dificuldades para dormir. Por isso, o ideal é optar por um intervalo de 3 a 4 meses entre uma operação e outra. O que não dá para evitar após a retirada de pele é a cicatriz. Como alertou o cirurgião Moacyr Pires de Mello Filho, essas cirurgias deixam mais cicatrizes do que as cirurgias plásticas convencionais. Na barriga, por exemplo, a cirurgia normal deixa apenas um corte perto do púbis; na reparação de pele, a cicatriz fica em formato de âncora. Mas, para quem passou por todos esses desafios, a cicatriz parece não incomodar. Foi o que aconteceu com a auxiliar de serviços gerais Iaci Brandão dos Santos, que fez a cirurgia de redução de estômago em 2005 e perdeu 80 kg (veja no vídeo ao lado). Como mostrou o repórter Phelipe Siani, Iaci não se preocupou muito com a cicatriz após a reparação de pele porque atingiu seu objetivo de perder peso – o que, para ela, foi mais importante. De acordo com o endocrinologista Alfredo Halpern, no Sistema Único de Saúde, a cirurgia plástica reparadora do abdômen, mamas e membros só é liberada se o paciente tem prejuízos físicos, como infecções ou alergias, ou psicológicos. Além disso, a pessoa tem direito a continuar o tratamento após a bariátrica por até 18 meses com uma equipe de vários profissionais, como nutricionistas, psicólogos, endocrinologistas e clínicos. Mitos sobre obesidade Quem faz a cirurgia bariátrica geralmente perde peso muito rápido. Segundo o endocrinologista Alfredo Halpern, isso é normal nesse caso. Porém, é muito comum dizerem que, para quem não fez a cirurgia, emagrecer rápido é um risco à saúde. O médico, no entanto, desmitificou essa ideia e disse que cada pessoa perde peso de um jeito e isso necessariamente não traz prejuízos à saúde, desde que a dieta seja feita de uma maneira equilibrada, sem restrições. O endocrinologista explicou ainda que, para perder peso, não adianta fazer uma dieta pequena ou poucos exercícios físicos. As mudanças de vida precisam ser grandes e significativas para o resultado ser satisfatório. Outro mito derrubado foi em relação ao sexo. De acordo com Halpern, estudos mostram que, na média, as relações sexuais duram 6 minutos e gastam apenas 21 calorias, o que contraria a ideia que muitas pessoas dizem de que o sexo pode eliminar até 300 calorias. Por fim, o médico falou da importância do café da manhã – muitos acham que a primeira refeição do dia faz parte do processo de emagrecimento. De fato, pode ajudar se a pessoa tiver uma dieta balanceada e equilibrada ao longo do dia. Porém, em alguns casos, o café da manhã pode até contribuir para a obesidade. Fonte: Bem Estar]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Inseminação artificial é vetada a mulher com mais de 50 anos
Próximo post
Fisioterapia respiratória é útil no tratamento de doenças como a asma

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

    Menu

    Olá! Nosso site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Para saber como alterar as configurações de cookies do seu navegador, clique aqui.

    Se continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    Abaixo, você pode escolher que tipo de cookies você permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

    FuncionaisNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.Ao continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    AnalíticosNosso site utiliza cookies analíticos para possibilitar a análise e otimização para fins de usabilidade.

    Mídias sociaisNosso site coloca cookies de mídias sociais para mostrar a você conteúdo de terceiros, como YouTube e FaceBook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    PropagandaNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    OutrosNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços que não são analíticos, de mídias sociais ou de publicidade.