Seis em cada 10 brasileiros têm risco de desenvolver diabetes

18_20_17_709_fileUma pesquisa realizada este ano pelo laboratório Abbott em parceria com a SBD (Sociedade Brasileira de Diabetes) revela que seis em cada 10 brasileiros têm risco de desenvolver diabetes. Ainda de acordo com os resultados, pessoas entre 30 e 39 anos, seguida por mulheres e moradores do Rio de Janeiro são os que apresentam maior risco para a doença. A pesquisa ouviu quase 700 pessoas acima de 18 anos moradores de São Paulo e do Rio de Janeiro. Deste total, 306 formaram o grupo da população em geral e 306 pessoas compuseram o grupo de diabéticos e pré-diabéticos. Os 80 restantes são profissionais de saúde. Apesar de 81% dos entrevistados do grupo sem a doença afirmarem ter um amigo ou conhecido com diabetes, somente três entre 10 já ouviu falar em pré-diabetes — uma condição que, embora seja favorável ao desenvolvimento do diabetes e de outros problemas de saúde, é completamente reversível por meio de mudanças no estilo de vida. Dieta do diabetes: comer pouco, de tudo e várias vezes por dia De acordo com o endocrinologista João Eduardo Salles, da SBD e professor da Santa Casa de São Paulo, ainda há muito desconhecimento sobre o diabetes, o que adia o tratamento e aumenta a chance de outros problemas de saúde. — Todo paciente diabético hoje já passou pelo estágio de pré-diabetes e nunca soube. Por isso, é importante fazer o diagnóstico precoce porque o pré-diabetes é reversível. Diabético, José Loreto dribla doença e busca superação no esporte Embora os entrevistados estejam cientes das complicações do diabetes, 61% admite ter conhecimento insuficiente em relação aos possíveis métodos de prevenção. Para os diabéticos e pré-diabéticos, os profissionais de saúde desempenham o papel mais importante e com mais credibilidade no fornecimento de informações sobre o controle da doença, seguido pelo boca-a-boca de família e amigos. O controle de peso e a mudança de hábitos alimentares foram apontados como os maiores desafios enfrentados por 56% dos pacientes entrevistados. No entanto, Salles reforça que mudança de hábitos alimentares é fator número um para o sucesso do tratamento. — Nossos pacientes mais bem-sucedidos no controle do diabetes e pré-diabetes fazem da dieta saudável e de outras mudanças no estilo de vida uma prioridade. De acordo com a IDF (sigla em inglês de Federação Internacional do Diabetes),370 milhões de pessoas no mundo têm diabetes e, se nenhuma atitude for tomada, uma em cada dez terão a doença em 2030. Ainda segundo a entidade, o Brasil tem cerca de 10 milhões de diabéticos e este número tende aumentar.]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Amamentação pode reduzir risco de Alzheimer para as mães
Próximo post
Induzir o trabalho de parto aumenta risco de autismo nos bebês

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

    Menu

    Olá! Nosso site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Para saber como alterar as configurações de cookies do seu navegador, clique aqui.

    Se continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    Abaixo, você pode escolher que tipo de cookies você permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

    FuncionaisNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.Ao continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    AnalíticosNosso site utiliza cookies analíticos para possibilitar a análise e otimização para fins de usabilidade.

    Mídias sociaisNosso site coloca cookies de mídias sociais para mostrar a você conteúdo de terceiros, como YouTube e FaceBook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    PropagandaNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    OutrosNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços que não são analíticos, de mídias sociais ou de publicidade.