Níveis elevados de colesterol são mais prejudiciais para a saúde dos homens

imagesNíveis elevados de colesterol são muito mais arriscados para homens de meia-idade do que mulheres da mesma faixa etária quando se trata de sofrer um primeiro ataque cardíaco. É o que mostra estudo realizado na Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia. O estudo, realizado com mais de 40 mil homens e mulheres norueguesas mostrou que ser um homem de meia-idade e ter altos níveis de colesterol resulta em um efeito sinérgico negativo que os pesquisadores não observaram em mulheres. No entanto, a equipe ressalta que as diretrizes clínicas atuais para o tratamento de níveis elevados de colesterol não fazem distinção entre os gêneros. “Nossos resultados sugerem que, na meia idade, níveis elevados de colesterol são muito mais prejudiciais para os homens do que as mulheres, de modo que os esforços de prevenção nessa faixa etária têm um maior potencial para reduzir a ocorrência de um primeiro ataque cardíaco em homens”, afirma o pesqusiador Erik Madssen. Os pesquisadores usaram dados de um estudo realizado entre 1995 e 1997 em Nord Trøndelag, na Noruega, que incluiu a coleta de amostras de sangue de 65 mil pessoas. Ao final da análise, os pesquisadores recolheram informações de 23.525 mulheres e 20.725 homens que se encaixam nessa categoria. Durante os quase 12 anos de acompanhamento, de pessoas com menos de 60 anos, houve 157 novos casos de ataques cardíacos em mulheres e 553 em homens. Eles também realizaram uma análise secundária dos participantes que tinham 60 anos de idade ou mais no momento da pesquisa, o que lhes deu mais 20.138 indivíduos para a análise. No entanto, não houve evidência de um efeito sinérgico entre os participantes do sexo masculino negativo neste grupo etário. “Nossos resultados sugerem que homens de meia-idade com um perfil de colesterol ruim têm um risco adicional de infarto do miocárdio do que o que foi pensado anteriormente. Assim, estes homens devem ser tratados de forma mais agressiva do que o que muitas vezes acontece hoje, para que mais infartos possam ser evitados e vidas possam ser salvas”, concluem os autores. Fonte: ISaúde]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Pesquisa associa exposição ao cobre ao desenvolvimento da doença de Alzheimer
Próximo post
Comum em mulheres, infecção urinária é muito mais grave quando atinge os homens

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

    Menu

    Olá! Nosso site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Para saber como alterar as configurações de cookies do seu navegador, clique aqui.

    Se continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    Abaixo, você pode escolher que tipo de cookies você permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

    FuncionaisNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.Ao continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    AnalíticosNosso site utiliza cookies analíticos para possibilitar a análise e otimização para fins de usabilidade.

    Mídias sociaisNosso site coloca cookies de mídias sociais para mostrar a você conteúdo de terceiros, como YouTube e FaceBook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    PropagandaNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    OutrosNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços que não são analíticos, de mídias sociais ou de publicidade.