Café da manhã rico em proteínas e gorduras pode ser benéfico para diabéticos

café-da-manhã-rico-em-proteínasUm grande café da manhã rico em proteína e gordura parece oferecer mais benefícios para as pessoas com diabetes tipo 2 do que os cafés de baixa caloria. A conclusão é de pesquisa apresentada na reunião anual da Associação Europeia para o Estudo da Diabetes. A pesquisa é dos professores Daniela Jakubowicz, da Universidade de Tel Aviv, Israel, e Hadas Rabinovitz, da Universidade Hebraica de Jerusalém. Levantamentos anteriores já haviam mostrado que pessoas que têm o costume de tomar o café da manhã tendem a ter menor IMC bem como os níveis de glicose no sangue em jejum mais favoráveis do que as pessoas que não têm este costume. Neste estudo, os pesquisadores analisaram o efeito do tamanho e composição deste “café” no controle da glicose no sangue, e sua associação com perfil hormonal em adultos com diabetes tipo 2. O estudo foi realizado de forma aleatória com participação de adultos com diabetes tipo 2 com sobrepeso e sem dependência de insulina. Os participantes foram expostos à dietas balanceadas com baixas calorias relacionadas com um grande café da manhã (BB) ou pequeno-almoço (SB), (33% contra 12,5% do consumo energético total diário respectivamente). A dieta BB incluiu um maior percentual de proteína e gordura. As medidas antropométricas foram avaliadas a cada 2 semanas. Marcadores de inflamação em jejum, hormônios e perfil lipídico foram colhidos no início do estudo e após um período de acompanhamento de 13 semanas. Concluimos que existe a possibilidade de que um grande café da manhã rico em proteínas provoque a supressão da secreção de grelina, aumentando a sensação de saciedadeDos 59 participantes inscritos, 47 completaram o estudo. No final, as maiores reduções da HbA1c e da pressão arterial sistólica (PAS) foram observadas no grupo BB. Além disso, a dosagem da medicação usada normalmente por diabéticos foi reduzida para maior parte dos participantes do grupo BB, enquanto no SB, a maior parte dos pacientes teve sua dose da medicação diabética aumentada. À medida que o estudo progredia, os pesquisadores verificaram que os registros de fome aumentaram significativamente no grupo SB, enquanto o grupo BB registrava um aumento nos registros de saciedade. “O grupo BB mostrou uma vontade reduzida para comer e uma menor preocupação com a comida, enquanto o grupo SB registrava aumentos na preocupação com os alimentos e uma maior vontade de comer ao longo do tempo. Concluimos que existe a possibilidade de que um grande café da manhã rico em proteínas provoque a supressão da secreção de grelina, aumentando a sensação de saciedade,” afirma Jakubowicz. Fonte: ISaúde]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Estudo liga consumo de antidepressivos a risco de diabetes
Próximo post
Hospital Daher Lago Sul investe em Odontologia Intensiva

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu