Labirintite: sintomas e tratamentos

Responsável pela audição e equilíbrio do corpo, o labirinto está localizado na parte interna do ouvido e quando é acometido por infecções ou inflamações na otite média ou no trato urinário superior resulta em uma das principais causas da Labirintite, um distúrbio no ouvido que inclui irritação e inchaço na parte interna.

Também podem contribuir para o desenvolvimento da Labirintite as alterações metabólicas, que ocorrem entre os 40 e 50 anos, alto nível de colesterol e problemas de saúde que desenvolvam alterações nas artérias, reduzindo a quantidade de sangue que circula nas áreas do cérebro e do labirinto.

Hipoglicemia, diabetes, hipertensão, otites, consumo de álcool, fumo, café, estresse, ansiedade e medicamentos como: antibióticos e anti-inflamatórios são fatores de risco que contribuem para o desenvolvimento da Labirintite.

Os principais sintomas da doença são: vertigem (sensação de movimento constante), tontura, perda de equilíbrio, zumbidos no ouvido e perda de audição. Ao apresentar estes sintomas é importante consultar um médico, no entanto, há também os sintomas de emergência da labirintite, que alertam para um acompanhamento médico mais urgente, que são: visão dupla, vômitos persistentes, fraqueza ou paralisia, acompanhados de febre acima de 38 graus.

O médico otorrinolaringologista, Dr. Marcus José da Silva Barros, que atende no Hospital Daher Lago Sul, aconselha que diante do manifesto desses sintomas o ideal é sentar-se e procurar um ponto fixo para tentar manter o equilíbrio, o indicado é não deitar e evitar luz forte. “O tratamento da labirintite é a base de medicamentos que reduzem os sintomas, entre eles estão os vasodilatadores, antidepressivos e anticonvulsivantes. Aderir a hábitos como parar de fumar, praticar exercícios, ingerir muito líquido e controlar a ingestão de colesterol, triglicérides e glicemia, contribuem grandemente para qualquer problema de saúde”, alerta Dr. Marcus Barros.

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Comece o dia com um copo de água e evite problemas nos rins
Próximo post
Se controle! Depressão e estresse aumentam o risco de infarto em mulheres
Menu

Olá! Nosso site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Para saber como alterar as configurações de cookies do seu navegador, clique aqui.

Se continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

Abaixo, você pode escolher que tipo de cookies você permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FuncionaisNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.Ao continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

AnalíticosNosso site utiliza cookies analíticos para possibilitar a análise e otimização para fins de usabilidade.

Mídias sociaisNosso site coloca cookies de mídias sociais para mostrar a você conteúdo de terceiros, como YouTube e FaceBook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

PropagandaNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

OutrosNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços que não são analíticos, de mídias sociais ou de publicidade.