Hepatite: tipos e tratamentos

A Hepatite Viral tem classificações que vão do tipo A ao tipo E. No entanto, as de maior importância para nós brasileiros são as de classificações A, B, C e D.

A Hepatite A geralmente é aguda e é transmitida através de contato direto com as mãos, água ou alimentos contaminados. Raramente causa sintomas, cerca de 15% dos contaminados apresentam sintomas semelhantes à uma virose comum, como febre, mal estar e dores abdominais. O diagnóstico definitivo se dá através do exame de sangue. Não há tratamento específico, pois na maioria dos casos de hepatite A ocorre cura espontânea da doença. Sua prevenção consiste em consumo de água tratada, alimentos devidamente higienizados, acesso a saneamento básico e vacina específica para este tipo de hepatite.

Com contaminação direta pelo contato com sangue, as Hepatites do tipo B e C podem ser transmitidas pelo compartilhamento de objetos contaminados, como materiais injetáveis, perfurocortantes, instrumentais cirúrgicos e odontológicos não esterilizados, instrumentos de manicure e materiais usados para tatuagens e piercing. A infectologista do Hospital Daher Lago Sul, Dra. Luciana Lara, alerta que é importante lembrar que a Hepatite B também é uma DST (Doença Sexualmente Transmissível) e a melhor maneira de prevenção, neste caso, é o uso de preservativos.

Os sintomas das hepatites B e C aparecem tardiamente, após longo período de contaminação, e para diagnóstico é necessário que seja feito exame de sangue. A evolução destes tipos de hepatites, B e C, ao contrário da hepatite A, se dá mais frequentemente para a forma crônica, podendo levar à cirrose hepática ou câncer hepático. Os casos de câncer hepático culminam muitas vezes na necessidade de transplante hepático (transplante de fígado). A Dra. Luciana Lara explica que “indivíduos contaminados pelos vírus das hepatites podem apresentar pele e olhos amarelados, fezes com tonalidades esbranquiçadas e urina extremamente escura”.

São disponibilizadas vacinas preventivas para os tipos de hepatite A e B, porém ainda não há vacinas para a hepatite C.

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Controle de enzima pode evitar que pessoas obesas desenvolvam diabetes
Próximo post
Controlar as emoções antes do jogo

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu