Cuidados ao Sol

É verão! Nesta época de férias é muito gostoso praticar atividades ao ar livre e próximo da natureza. Mas com o sol muito forte é necessário tomar alguns cuidados! Para quem vai para praia há muitas opções como caminhadas, frescobol, vôlei, futebol, fresbee, peteca, futevôlei e atividades aquáticas como caiaque, esqui, kitesurf e outras. Para quem vai viajar para o interior também há boas opções como caminhadas, bicicleta, andar a cavalo, além de atividades como o canyoning, arvorismo, rafting, rapel, mountain bike etc. Mas se você é daqueles que ignora o sol muito forte ou que até acha que fazendo exercícios nos horário onde ele está mais forte irá suar mais e conseqüentemente perder mais calorias e emagrecer, cuidado! Você poderá colocar a sua saúde em risco.

É importante que você continue se exercitando, mas é essencial tomar alguns cuidados, entre eles evitar o sol muito forte e a desidratação. Você já ouviu falar de termorregulação?

O nosso organismo possui um mecanismo encarregado de manter o nosso núcleo central (cérebro, pulmões, sistema digestivo, coração etc.) a uma temperatura estável.

Em repouso as zonas que mais geram calor em nosso corpo são o coração, o fígado, o cérebro e as glândulas endócrinas. Os músculos produzem pouco calor, quando em repouso, mas quando estão em exercício intenso isto muda e os músculos trabalham tanto que chegam a produzir 50 vezes mais calor do que o resto dos sistemas e órgãos juntos.

Quando a temperatura do corpo começa a aumentar, o nosso “termostato”, que se situa no hipotálamo (cérebro) detecta a elevação na temperatura sanguínea e ordena uma série de ações de defesa.

Começa a sudorese (transpiração). O suor, ao evaporar-se sobre a pele, a esfria. Isso é sincronizado com o deslocamento de parte do sangue até a periferia do corpo, pela dilatação dos vasos superficiais (próximos à pele). Aí, então, passa mais sangue perto da parte externa do corpo, trazendo calor do interior do corpo para fora, sendo liberado pela pele, através do suor.

Ocorre a vasoconstrição (diminuição do calibre dos vasos) na zona renal e em outros órgãos. Todo o processo de digestão e excreção fica mais lento. O metabolismo celular também fica mais lento. Diminui a produção dos hormônios da tireóide, diminuindo a produção de calor corporal.

Suar é um mecanismo corporal para evitar o aquecimento do corpo. As glândulas sudoríparas se estimulam com o calor e começam a eliminar água, com um pouco de sais minerais. Para eliminar o calor do corpo, o suor deve converter-se em vapor.

Com a perda progressiva de água, pode ocorrer uma dificuldade de manutenção do desvio da circulação de sangue para a pele, além de reduzir a produção de suor, o que torna mais difícil combater o calor. Isto pode ser altamente prejudicial, podendo causar uma desidratação.

Quando o calor produzido pelo corpo não pode ser eliminado no ritmo necessário para evitar um superaquecimento ocorrem as chamadas lesões pelo calor. Um esportista que não exagera nos treinos e segue as recomendações necessárias, dificilmente sofrerá um choque térmico, com conseqüências graves.

Dicas

Use roupas de cores claras e adequadas a atividade, tempo e local. Use boné, óculos e protetor solar. Prefira horários em que o sol está mais fraco. Se fizer esporte em local muito quente, diminua a intensidade em pelo menos 20% do habitual. Se a umidade relativa do ar superar os 60%, as temperaturas consideradas perigosas começam nos 29 graus C, já que os dias de muito calor combinados com a alta umidade são os menos indicados para exercícios muito intensos. As cãibras musculares podem indicar um aviso de perigo de choque térmico. Muitas pessoas perguntam qual a quantidade de água ou isotônico a ser tomada durante o exercício. Há uma regra geral de tomar 200 ml 1 hora antes dos exercícios, de 80 a 120 ml a cada 15 minutos de exercício e até 1 litro depois dos exercícios, em pequenos goles. Assim, vale dizer também que quando você estiver treinando e sentir sede ou a boca seca, é sinal de que o seu corpo necessita de água e já está recorrendo as glândulas salivares.

Escute o seu corpo. Faça exercícios, mas de maneira segura.

Fonte: www.maisequilibrio.com.br

]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Diagnóstico de Leucemia
Próximo post
Conheça os benefícios do consumo do melão!

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

    Menu

    Olá! Nosso site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Para saber como alterar as configurações de cookies do seu navegador, clique aqui.

    Se continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    Abaixo, você pode escolher que tipo de cookies você permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

    FuncionaisNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.Ao continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    AnalíticosNosso site utiliza cookies analíticos para possibilitar a análise e otimização para fins de usabilidade.

    Mídias sociaisNosso site coloca cookies de mídias sociais para mostrar a você conteúdo de terceiros, como YouTube e FaceBook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    PropagandaNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    OutrosNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços que não são analíticos, de mídias sociais ou de publicidade.