Saiba o que a língua revela sobre sua saúde

Coloque a língua para fora” é um clássico que os pacientes ouvem nas consultas médicas. Isso porque esse órgão pode ajudar a desvendar problemas que vão muito além da boca e da garganta. A lista de enfermidades que podem ser descobertas pelo aspecto da língua é enorme, como infecções, carências nutricionais, alergias, lesões pré e/ou cancerígenas.

Dependendo da causa, a língua pode se modificar na forma, função, na cor e na textura. É importante que médicos, dentistas e, principalmente, os pacientes levem a sério essas considerações e fiquem atentos a qualquer alteração que persista por muito tempo.

“Os sintomas revelados pela língua, apesar de significarem indícios importantes, não são os únicos a habilitarem o fechamento de um diagnóstico, a confirmação com exames complementares e avaliação de outras ocorrências associadas é fundamental”, diz o periodontista Rodrigo Bueno de Moraes, consultor científico da Associação Brasileira de Odontologia (ABO).

Limpeza é fundamental Para cuidar desse órgão tão importante para o corpo, é importante mantê-lo limpo. A língua é um importante reservatório de bactérias e substâncias que podem reverter em mau hálito. “A recomendação é utilizar limpadores linguais, que devem ser friccionados do fundo para a ponta da língua, pelo menos uma vez ao dia, com cinco a sete repetições em cada higiene bucal que esteja incluída”, recomenda o dentista.

Rodrigo também enfatiza o cuidado extra que o grupo de fumantes e pessoas que usam muitas medicações precisa ter. “Os resíduos que ficam sobre as papilas gustativas podem limitar ou abolir a percepção do paladar”, afirma. Por isso, para sentir todos os sabores da vida, a higiene bucal não pode ser deixada de lado. Isso é sinônimo de bem estar e qualidade de vida. “Cuidar da língua é tão importante quanto cuidar dos dentes”, finaliza Rodrigo.

Fonte: www.terra.com.br

]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Cientistas encontram possível resposta para reparar corações danificados
Próximo post
4 em 5 jovens exageram no volume dos fones de ouvido

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu