Dia do cirurgião plástico é comemorado em 7 de dezembro

A data comemorativa em homenagem aos cirurgiões plásticos alerta para a importância da escolha de um bom profissional na hora de fazer uma cirurgia, já que um resultado insatisfatório pode causar danos irreparáveis, tanto para a estética, quanto para a saúde.

Hoje o país conta com mais de 5.600 cirurgiões cadastrados na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), e a escolha por um membro da entidade é fundamental para minimizar quaisquer complicações durante o procedimento.

Um caso recente que serve de alerta para muitas mulheres que querem ficar mais belas a qualquer custo é o da modelo Andressa Urach, que teve hidrogel injetado na coxa direita há cinco anos e hoje está internada em uma UTI em decorrência de uma inflamação causada pelo produto, constituído de poliamida sintética e solução fisiológica. Ele é indicado para o preenchimento de rugas da face e pescoço. No caso de Urach, a substância foi aplicada por meio de injeções junto ao PMMA, produto que contém microesferas de polimetilmetacrilato, usado apenas para pequenos preenchimentos. A aplicação em quantidade excessiva pode provocar sérios riscos à saúde do paciente, como complicações inflamatórias, perda do membro atingido e até a morte do paciente.

O cirurgião plástico e fundador do Hospital Daher, Dr José Carlos Daher, cadastrado na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, dificilmente indicaria o procedimento. “O caso foi um erro de conduta, já que o produto jamais poderia ter sido utilizado para esse fim”, explica. O especialista também dá dicas para quem quer fazer uma cirurgia estética com menos riscos. “É imprenscindível que a pessoa que deseja passar pelo procedimento pesquise o nome do especialista no site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (www2.cirurgiaplastica.org.br) para saber se ele está autorizado a realizar a cirurgia. Também é possível consultar no site do Conselho Federal de Medicina (portal.cfm.org.br) ou nos Conselhos Regionais. É de extrema importância que ele esteja registrado, já que esses especialistas têm que seguir uma série de normas e condutas para manter o título”, explica o cirurgião. Para um médico obter o cadastro pela Sociedade, ele precisa de nada menos do que 11 anos de estudos, sendo 6 de formação acadêmica, 2 em cirurgia geral e 3 anos com residência em cirurgia plástica. Após essa etapa, é necessário submeter-se a provas para o título de especialista, para então receber o certificado pela SBCP.

Para o Dr Daher, também é necessário que, durante a consulta, haja uma empatia entre o médico e o paciente. “Todas as dúvidas precisam ser esclarecidas, como o custo-benefício, expectativas e, principalmente, os riscos cirúrgicos. Costumo dizer que a cirurgia é como andar de avião. Ele pode cair, mas as chances são mínimas com um piloto experiente. O paciente precisa ter consciência disso antes de ir para a mesa de cirurgia”, explica o especialista.

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Os 9 Benefícios da lichia para saúde
Próximo post
Estudo identifica quatro fatores de risco para a obesidade infantil

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu