LEGIONELOSE – DOENÇA DO LEGIONÁRIO

A legionelose, também conhecida como doença do(s) legionário(s), é uma infecção potencialmente grave, provocada por uma bactéria chamada Legionella pneumophila. A legionelose é uma infecção não contagiosa, que costuma ser adquirida através da inalação de partículas água contaminadas com a bactéria Legionella e pode provocar uma pneumonia atípica.

O QUE É DOENÇA DO LEGIONÁRIO?

A legionelose é uma infecção que só foi reconhecida em 1976, após um surto de pneumonia entre os participantes de uma convenção dos legionários americanos, um grupo formado por veteranos de guerra dos EUA. A convenção foi realizada em um hotel na Filadélfia, cujo sistema de ar condicionado central estava contaminado pela bactéria Legionella pneumophila. Apenas uma semana após a convenção, 130 participantes do evento já tinham sido hospitalizados e 25 tinham falecidos com um estranho quadro de dor torácica, falta de ar, tosse e febre.

A origem da doença só foi reconhecida meses depois, após intensa investigação por parte do departamento de saúde americano. Tanto a doença, quanto o seu agente causador, desconhecidos da ciência até aquele momento, foram batizados em homenagem aos legionários que adoeceram.

A descoberta da Legionella pneumophila e da sua forma de propagação provocou uma radical mudança nos padrões de higiene e segurança dos sistemas de ar-condicionado e de água em geral. Contudo, apesar dos cuidados, dezenas de novos surtos de legionelose continuaram a ocorrer em todo o mundo desde a identificação da doença. Há casos, inclusive, de transmissão dentro de hospitais. Os surtos mais recentes ocorreram em Portugal, Alemanha, Austrália e EUA. O surto mais extenso registrado até o momento ocorreu na Espanha, em 2001, com cerca de 450 casos confirmados.

Desde a sua identificação, o conhecimento acerca da doença dos legionários aumentou consideravelmente. Sabemos hoje que a legionelose se transmite pelo ar, através de gotículas contaminadas de água, e que pode causar grave pneumonia, principalmente em pessoas mais debilitadas, como idosos, imunossuprimidos ou pacientes com doença pulmonar prévia. A bactéria Legionella pneumophila também pode provocar um quadro mais brando, chamado de doença de Pontiac, que se assemelha muito à gripe comum.

Algumas fontes bibliográfica chamam de legionelose qualquer infecção pela Legionella, incluindo as formas brandas. Neste artigo vamos nos referir à forma grave da doença apenas como legionelose ou doença do legionário. A forma branda será sempre chamada de doença de Pontiac. Farei essa distinção para não haver confusão, já que a doença de Pontiac é uma forma benigna, que não cursa com pneumonia nem risco de morte.

Fonte: www.mdsaude.com

]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Seis dicas para cuidar bem da audição
Próximo post
Obesidade Infantil: como prevenir

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu
Clique e marque