Entenda como a tecnologia ajuda no desenvolvimento de próteses

Bem Estar desta quarta-feira (26) mostrou o uso de impressora 3D. Próteses ajudam pacientes a recuperar qualidade de vida.

As novas tecnologias estão ajudando no desenvolvimento de próteses e barateando seu custo, tornando-as assim acessíveis a um número maior de pessoas. O uso de próteses ajuda a melhorar a qualidade de vida de pacientes que apresentam problemas no ombro, quadril e joelho, por exemplo – três das articulações que mais apresentam desgastes, como explicaram os médicos ortopedistas André Wever e Alexandre Lourenço, presidente da Sociedade Brasileira de Ortopedia Pediátrica, no Bem Estar desta quarta-feira (26).

O ortopedista André Wever explicou a diferença entre órtese, que é um dispositivo externo e que auxilia a função de um membro, como uma palmilha. Já as próteses substituem a função de um membro ou articulação, e podem ser externas ou internas ao corpo. No caso das crianças, as próteses precisam ser substituídas conforme o corpo vai crescendo.

Um dos avanços nessa área é o uso de impressoras 3D, com as quais é possível reconstruir pedaços do corpo. Para produzir uma prótese com o uso da impressora 3D é preciso, em primeiro lugar, escanear a parte do corpo que será reproduzida. Há, no entanto, uma restrição ao uso de próteses. Pessoas com osteopenia ou osteoporose, por exemplo, que é a perda de massa óssea, podem ser impedidas de usar próteses.

Fonte: www.g1.globo.com

]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Assistir televisão aumenta a pressão arterial em crianças
Próximo post
Obesidade: perca de até 8 anos da expectativa de vida, diz estudo

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu