Distúrbio do sono em adolescentes pode ser indicativo de uso da maconha

Os adolescentes que estejam sendo avaliados para o distúrbio do sono chamado de narcolepsia também devem ser rastreados para o uso da maconha, porque a droga pode causar sonolência diurna excessiva, relatam pesquisadores. Pessoas com narcolepsia apresentam os mesmos sintomas,  explicaram os autores do estudo.

A narcolepsia é um distúrbio do sono caracterizado por sonolência excessiva durante o dia, com frequentes ataques de sono, mesmo quando a pessoa tenha dormido dormiu bem à. Esses ataques costumam ocorrer de modo repentino e a qualquer momento.

Os pesquisadores do Nationwide Children Hospital de Columbus, Ohio, nos Estados Unidos, analisaram 383 crianças avaliadas por sonolência diurna excessiva, e descobriram que 10 por cento delas, com idade de 13 anos ou mais, e cujos resultados indicaram narcolepsia, também tiveram testes de pesquisa de drogas na urina que eram positivos para a maconha.

Os meninos adolescentes eram mais propensos do que as meninas para testar positivos para maconha e ter os resultados dos testes de sono consistentes com narcolepsia. Nenhuma das crianças com menos de 13 anos testou positiva para maconha, de acordo com o artigo publicado no Journal of Clinical Sleep Medicine.

Assim, os autores concluíram que os testes para o uso de maconha são uma ferramenta importante na triagem de narcolepsia em adolescentes.

FONTE: Hospital Infantil Nationwide, comunicado à imprensa, 13 de fevereiro de 2015.

]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Dieta não balanceada é causadora de 10% das mortes no mundo, diz OMS
Próximo post
Mitos e verdades sobre as hemorroidas

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu