Cochilo curto melhora memória em cinco vezes, diz estudo

Pesquisa alemã concluiu que repouso profundo por 45 minutos ajuda cérebro a armazenar informações recém-adquiridas

Um cochilo profundo de 45 minutos pode melhorar a memória em cinco vezes, concluiu um estudo alemão publicado na revista Neurobiology of Learning and Memory. De acordo com os especialistas, o descanso ajuda “significativamente” o cérebro a guardar as informações recém-adquiridas. O resultado é uma ótima notícia para estudantes que agora têm o aval médico para descansar após as aulas e principalmente depois de fazer revisões para provas. As informações são do site inglês Daily Mail.

A pesquisa reuniu voluntários e deu a eles uma lista com 90 palavras e 120 pares de substantivos desconexos como “leite e táxi”. Depois, metade dormiu por 45 minutos, enquanto os outros assistiram a um DVD. Na retomada do teste, quem havia descansado lembrava muito mais palavras e pares do que quem havia ficado diante da TV.

Os médicos responsáveis pelo estudo explicam que, durante o sono, o cérebro tem picos de atividade que desempenham papel importante na consolidação de informações recentes. “A memória de quem dormiu após o teste foi igual ao início, como se tivessem acabado de ver as palavras”, disse o professor Axel Mecklinger.

Fonte: www.terra.com

]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Arroz resfriado pode ser menos calórico, aponta pesquisa
Próximo post
Amamentação pode elevar QI, salário e estudos, diz pesquisa

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu