Uso de maconha está associado à redução de espermatozoides

A maconha é a droga mais usada no ocidente e a sua legalização tem sido tema de acalorados debates em vários países. Devido a isso vem crescendo nos últimos anos o interesse da comunidade científica em pesquisar os efeitos da maconha no organismo humano. As evidências existentes mostram várias consequências prejudiciais do uso da droga à saúde que vão desde aumento do risco de alterações psicóticas, passando por alterações hormonais e déficit cognitivo.

Uma nova pesquisa que aborda o efeito da maconha sobre reprodução em homens foi publicada recentemente na revista American Journal of Epidemiology. Neste estudo foi investigada a associação entre a frequência do uso de maconha e alguns desfechos reprodutivos como a concentração de testosterona e a qualidade do sêmen. O trabalho foi desenvolvido na Dinamarca e avaliou 1215 jovens de 18 a 28 anos de idade. Os participantes responderam a um questionário sobre o uso de maconha e outras drogas nos últimos três meses indicando a) não uso, b) uso por uma vez por semana ou menos ou c) uso de mais de uma vez por semana. Quarenta e cinco por cento dos jovens referiram ter fumado maconha nos últimos 3 meses e destes, 61% usaram menos que uma vez por semana. Nos homens que usavam mais que uma vez por semana houve uma redução na concentração (28%), contagem total (29%) e motilidade dos espermatozoides quando comparados aos que não usavam a droga. Aqueles que usaram outras drogas além da maconha tiveram uma redução mais drástica (55%) na contagem de espermatozoides. Os resultados foram ajustados para evitar que a análise sofresse a influência de fatores de confusão associados ao estilo de vida menos saudável dos participantes que usavam a droga com maior frequência.

Este é o primeiro estudo que mostra uma associação adversa entre o uso regular de maconha e a qualidade do sêmen. O mecanismo de ação para um possível efeito da maconha sobre a reprodução ainda não está esclarecido. Uma das hipóteses é que a droga possa ter um efeito direto sobre a produção de espermatozoides já que os testículos possuem receptores que se ligam à substância que serve como principio ativo da droga, o que pode produzir efeitos nas células do testículo.

Mesmo que o tipo de estudo não possa estabelecer uma relação de causa e efeito, os seus resultados sugerem que o uso da maconha pode produzir alterações importantes na função reprodutiva de homens saudáveis.

Fonte: R7

]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Dieta testada em laboratório traz resultados impressionantes
Próximo post
Dormir demais ou de menos aumenta o risco de derrame

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

    Menu

    Olá! Nosso site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Para saber como alterar as configurações de cookies do seu navegador, clique aqui.

    Se continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    Abaixo, você pode escolher que tipo de cookies você permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

    FuncionaisNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.Ao continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    AnalíticosNosso site utiliza cookies analíticos para possibilitar a análise e otimização para fins de usabilidade.

    Mídias sociaisNosso site coloca cookies de mídias sociais para mostrar a você conteúdo de terceiros, como YouTube e FaceBook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    PropagandaNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    OutrosNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços que não são analíticos, de mídias sociais ou de publicidade.