Tirar uma soneca reduz o risco de infarto e derrame

Um novo estudo mostrou que dormir pelo menos meia hora depois do almoço reduz a pressão arterial em 5% — diminuindo, portanto, o risco de infarto e AVC. Tirar uma soneca de meia hora ou mais durante o dia ajuda a reduzir a pressão sanguínea, o que, consequentemente, diminui o risco de eventos cardiovasculares, como infarto e acidente vascular cerebral (AVC). É o que diz um estudo apresentado durante congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia, realizado em Londres, na Inglaterra, entre os dias 29 de agosto e 02 de setembro. O novo estudo, realizado por pesquisadores da Grécia, analisou o efeito da soneca em 386 pacientes com pressão alta e idade média de 61 anos. Os resultados mostraram que os participantes que tiravam uma soneca após o almoço tinham uma pressão sanguínea 5% mais baixa do que aqueles que não tinham esse hábito. Este grupo também apresentou um risco menor de sofrer com danos nas artérias e no coração, decorrentes da pressão alta. O impacto parece pequeno. Mas não é. Manolis Kallistratos, principal autor da pesquisa e cardiologista no Hospital Geral Asklepieion Voula, em Atenas, na Grécia, ressalta que estudos anteriores mostraram que quedas ainda menores na pressão arterial diminuiram o risco de eventos cardiovasculares em até 10%. LEIA TAMBÉM: Fast-food pode reduzir inteligência LEIA TAMBÉM: Colesterol: novos medicamentos aprovados pela FDA O estudo também encontrou uma associação entre a duração das sonecas e a hipertensão: aqueles que dormiam cerca de uma hora apresentaram os melhores resultados na redução da pressão sanguínea. Fonte:VEJA]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Cresce número de homens que retiram as mamas para evitar câncer
Próximo post
Medicamentos psiquiátricos podem causar dependência?

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu