Dietas e stress são as principais causas da perda de cabelo em mulheres

De acordo com uma pesquisa na Grã-Bretanha, 20% das mulheres com mais de 25 anos sofrem com a queda de cabelo. O problema afeta (e muito) a vida delas

Um quinto (20%) das mulheres com mais de 25 anos na Grã Bretanha sofre com a queda de cabelo e a culpa é,sobretudo, das dietas radicais, do aumento do stress e do uso de contraceptivos orais. É o que diz uma pesquisa realizada pelo grupo Philip Kingsley, uma rede britânica especializada no assunto. As informações são do jornal britânico Daily Mail.

De acordo com o estudo, realizado com duas mil pessoas, a maioria das mulheres que sofre com o problema tem entre 54 e 64 anos. Uma em cada oito (12%) tem menos de 35 anos. A queda de cabelo reflete diretamente no comportamento social: 51% das entrevistadas disseram que evitam tirar fotos, 47% contaram que deixam de ir a eventos e 40% evitam conhecer novas pessoas.

O tricologista (médico especialista em cabelo e couro cabeludo) Philip Kingsley, autor da pesquisa, acredita que a prevalência de perda de cabelo é ainda maior do que normalmente se pensa, porque muitas vezes as mulheres sofrem em silêncio. “Infelizmente, 30% das pessoas que sofrem não fizeram nada para resolver o problema, talvez por sentir vergonha de procurar ajuda.”, disse Kingsley ao Daily Mail.

A perda de cabelo também pode ser causada pela genética, deficiência de ferro, doença da tireoide, Síndrome do Ovário Policístico (SOP) e outras alterações hormonais. Mas o especialista ressalta que dietas restritivas, excesso de alimentos processados, stress diário e alguns contraceptivos orais são os fatores que mais desencadeiam o problema.

“O stress crônico pode aumentar os níveis de andrógenos (hormônios masculinos) circulantes no sangue, o que pode levar à calvície”, explica Kingsley. “A deficiência de ferritina, ferro armazenado que produz a proteína das células ciliadas, por sua vez, também leva à queda excessiva de cabelo”, .

Os contraceptivos orais podem causar queda de cabelo quando contêm progestina, uma versão sintética da progesterona (hormônio feminino), com elevado nível de andrógenos.

O especialista ressalta que a perda de cabelo é um problema complexo, pois a maioria das mulheres só percebe a condição quando já perdeu cerca de 15% do volume do cabelo. O que significa que o problema começou muito antes de ela percebê-lo.

Fonte: VEJA

]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Cirurgia plástica pode melhorar casos de Paralisia Facial
Próximo post
Mitos e verdades sobre a flacidez facial

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

    Menu

    Olá! Nosso site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Para saber como alterar as configurações de cookies do seu navegador, clique aqui.

    Se continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    Abaixo, você pode escolher que tipo de cookies você permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

    FuncionaisNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.Ao continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    AnalíticosNosso site utiliza cookies analíticos para possibilitar a análise e otimização para fins de usabilidade.

    Mídias sociaisNosso site coloca cookies de mídias sociais para mostrar a você conteúdo de terceiros, como YouTube e FaceBook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    PropagandaNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    OutrosNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços que não são analíticos, de mídias sociais ou de publicidade.