Miopia é mais comum entre os filhos mais velhos

Um novo estudo sugere que o problema da visão está relacionado ao fato de os pais protegerem mais o primeiro filho, fazendo com que ele permaneça por longos períodos em contato com livros e instrumentos eletrônicos

Os primogênitos têm um risco 10% maior de serem míopes em comparação aos irmãos. Entre os casos da doença, 20% podem ser considerados graves. É o que diz um estudo publicado quinta-feira, no periódico científico JAMA Ophthalmology.

De acordo com os pesquisadores, da Universidade de Cardiff, na Grã-Bretanha, uma das suposições é o excesso de ansiedade dos pais, que faz o primogênito ficar por um tempo exagerado dentro de casa, debruçado sobre livros e aparelhos eletrônicos. O hábito que pode impactar na visão.

Para o trabalho, foram analisados cerca de 90.000 pessoas. Os estudiosos cruzaram diversas informações dos voluntários, como dados demográficos, comportamental (por exemplo, tempo gasto ao ar livre), histórico educacional e oftalmológico. Os resultados mostraram que aqueles que nasceram primeiro eram mais propensos a sofrer de problemas oculares.

Segundo os autores, os casais constumam ter um instinto de proteção exagerada sobre o filho mais velho, fazendo com que ele fique muito tempo em casa. Há ainda o uso de iPads e celulares, istrumentos que exigem da visão sobremaneira. Afora, claro, os fatores genéticos que contribuem – e muito — para o desenvolvimento da miopia.

Um estudo publicado em abril já havia mostrado que a taxa de miopia havia dobrado na Grã-Bretanha, nos últimos 50 anos. Os autores da Universidade Ulster haviam associado este fato à redução de tempo gasto pelas crianças em atividades ao ar livre.

Fonte: Veja

]]>

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Ficar sentado por longos períodos não faz tão mal assim
Próximo post
Crianças expostas ao cigarro têm mais chance de serem agressivas

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu