Nem toda cicatriz grossa e alta é queloide

Saiba diferenciar cada tipo

Sabe aquela cicatriz que fica grossa, alta, coça muito e tem uma coloração diferente das outras? Ela pode ser um queloide, problema estético provocado por uma produção exagerada de fibras de colágeno durante o processo de cicatrização, que causa dor e coceira. O problema atinge, principalmente, pessoas negras e asiáticas e aparece com mais frequência nos ombros, tórax, na região que fica acima do osso esterno e nas perfurações de orelha.

O queloide é formado dentro dos tecidos e aparece geralmente após cirurgias, feridas ou queimaduras. Ele também pode surgir em decorrência de inflamações na pele causadas por acne, borbulhas ou piercings no nariz e orelha.

Mas muitas pessoas confundem o queloide com a cicatriz hipertrófica, que também fica alta e imperfeita. O cirurgião plástico e fundador do Hospital Daher, José Carlos Daher, explica quais são as características de cada uma. “A cicatriz hipertrófica é aquela que fica mais avermelhada no início e vai ficando branca com o tempo. Ela fica limitada à área do trauma, e, na maioria das vezes, regride com o tempo. Já a cicatriz queloidiana evolui diferentemente. Ela cresce e não para, se tornando parecida com uma grande couve-flor. Além disso, ela coça e dá uma sensação de ferroadas na pele”, explica o especialista.

A auxiliar de enfermagem Arly Macaúba, de 43 anos, sabe bem como é conviver com o queloide. Após passar por uma cirurgia cardíaca, há oito anos, ela precisou lidar por muito tempo com a cicatriz que, além de causar desconforto estético, a fazia lembrar-se do momento traumático pelo qual passou. “Depois da cirurgia, adquiri uma infecção hospitalar e precisaram abrir meu peito novamente, porque ela estava se alastrando. Meu médico me avisou que a cicatriz poderia piorar, e eu falei que tudo bem. Tive muito medo de morrer e não poder mais acompanhar o crescimento dos meus filhos que, na época, tinham 2 e 6 anos. Sofri muito e, toda vez que olhava para a marca, me lembrava desse momento”, conta. Passado o susto, ela decidiu procurar um especialista, seis meses depois da cirurgia, para melhorar a aparência da cicatriz. “Ele me receitou uma pomada e fez aplicações de corticoide a cada 21 dias. A marca não sumiu completamente, mas melhorou 80%”, comemora.

Segundo o Dr. Daher, existe hoje uma gama de tratamentos para o queloide “Ele tem que ser tratado como tumor benigno, com tratamento específico. Na maioria das vezes, é indicado o uso do corticoide de triancinolona injetável, que faz com que a cicatriz pare de coçar, quando for o caso, e murche. Dependendo do grau, é possível fazer a retirada por técnicas próprias de ressecção cirúrgica, que vai remover parte do tecido em excesso, e fitas adesivas de silicone, que vão comprimir a região operada, evitando a produção excessiva de colágeno e reduzindo o fluxo sanguíneo”.

Quando o paciente já tem histórico de queloide e vai passar por uma cirurgia, é recomendado que ele alerte o médico, para que ele possa tomar as medidas preventivas. Foi o que Arly fez quando precisou passar por uma abdominoplastia no ano passado. “Durante a operação, o cirurgião fez a profilaxia com uso de corticoide, e, depois, continuei fazendo o tratamento em casa. Mesmo tendo queloide, a cicatriz ficou quase invisível”, diz.

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

12 Comentários. Deixe novo

  • Nelita Fernandes
    11/12/2019 16:16

    Eu fiz uma cirurgia fazem exatamente 4 meses,creio eu que é uma cicatriz queloidiana pois coça muito e ela tem uma tonalidade roxa,está muito alta e sinto muita vergonha de usar biquíni,pq ela é muito alta e feia me encomoda muito, não sei o que devo fazer ou qual decisão tomar em relação a essa cicatriz.

    Responder
  • Cleuza Lima
    01/07/2020 20:07

    Quelóide no corpo todo, sem nunca ter queimaduras, nem se fez cirurgias ,o que é, quais as causas?

    Responder
    • dahercir
      09/07/2020 14:46

      Olá! Para mais informações, entre em contato conosco pelo telefone (61) 3213-4848 ou WhatsApp (61) 99911-1939.

      Responder
  • Cleidiane
    18/08/2020 23:19

    Furei a orelha e tive q retirar o brinco porque inflamou, começou a coçar onde tinha furado, depois de ter desenflamado, continuou a coçar e agora está grande parecendo queloide e isso ta me agoniando, coça muito ate vergonha tenho d mostrar a orelha. O que eu devo fazer me ajuda por favor.

    Responder
    • dahercir
      24/08/2020 17:30

      Olá! Para mais informações, entre em contato conosco pelo telefone (61) 3213-4848 ou WhatsApp (61) 99911-1939.

      Responder
  • Eliete Sampaio
    04/11/2020 20:10

    Fiz Uma cirugia para retiradas da vesícula ha quase dois meses so que depois da retiradas dos pontos surgiu Uma queloide na cicatriz doe muito coça e arde e fica Muir alterada mesmo depois da pomada Kelisin que o cirugião mim indicou o que devo fazer?

    Responder
    • dahercir
      01/12/2020 14:23

      Olá! Para mais informações, entre em contato conosco pelo telefone (61) 3213-4848 ou WhatsApp (61) 99911-1939.

      Responder
    • Paulo Sergio de Oliveira
      10/06/2021 19:49

      Boa noite…sofri um acidente de trabalho em 14/07/2021.. tive 20% da perna direita queimada com água quente…Sofri queimadura de 3 graus..Fiz enxerto de pele..Agora não consigo ficar em pé por mais de 20 segundos que me vem uma coceira insuportável nas pernas…Tenho que me sentar para coceira passar.. Não aguento mais o que devo fazer…

      Responder
  • Michelle
    04/01/2021 16:07

    Queimei a minha perna e acabou ficando essa cicatriz,alta grossa e roxa, o que posso fazer,é na coxa e tenho muita vergonha de usar roupas curtas?

    Responder
    • dahercir
      01/03/2021 08:07

      Olá! Para mais informações, entre em contato conosco pelo telefone (61) 3213-4848 ou WhatsApp (61) 99911-1939.

      Responder
  • Paulo Sergio de Oliveira
    10/06/2021 19:49

    Boa noite…sofri um acidente de trabalho em 14/07/2021.. tive 20% da perna direita queimada com água quente…Sofri queimadura de 3 graus..Fiz enxerto de pele..Agora não consigo ficar em pé por mais de 20 segundos que me vem uma coceira insuportável nas pernas…Tenho que me sentar para coceira passar.. Não aguento mais o que devo fazer…

    Responder
    • dahercir
      25/06/2021 12:38

      Olá! Para mais informações, entre em contato conosco pelo telefone (61) 3213-4848 ou WhatsApp (61) 99911-1939.

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Tossir com etiqueta faz bem à saúde
Próximo post
Neurocientista explica o que há por trás de "explosões" de raiva

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

    Menu

    Olá! Nosso site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Para saber como alterar as configurações de cookies do seu navegador, clique aqui.

    Se continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    Abaixo, você pode escolher que tipo de cookies você permite neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

    FuncionaisNosso site usa cookies funcionais. Esses cookies são necessários para permitir que nosso site funcione.Ao continuar navegando, entenderemos que você concorda com nossos termos de uso, política de privacidade e política de cookies.

    AnalíticosNosso site utiliza cookies analíticos para possibilitar a análise e otimização para fins de usabilidade.

    Mídias sociaisNosso site coloca cookies de mídias sociais para mostrar a você conteúdo de terceiros, como YouTube e FaceBook. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    PropagandaNosso site coloca cookies de publicidade para mostrar anúncios de terceiros com base em seus interesses. Esses cookies podem rastrear seus dados pessoais.

    OutrosNosso site coloca cookies de terceiros de outros serviços que não são analíticos, de mídias sociais ou de publicidade.