Urgência e emergência: aprenda a diferença

Urgência e emergência: aprenda a diferença

Há uma certa confusão quando se fala de urgência e emergência. Apesar de muito usados como sinônimos, os termos dizem respeito a situações médicas diferentes. Emergências são situações mais graves que urgências. Isso porque implicam em sofrimento intenso ou risco de morte. Portanto, exigem tratamento médico imediato. Por sua vez, as urgências não possuem risco iminente, mas, se não tratadas, podem evoluir para um quadro mais grave.

O que são emergências?

Emergência é tudo aquilo que implica em risco de morte e, por isso, deve ser diagnosticado e tratado rapidamente. Só para exemplificar, são consideradas emergências choques elétricos, cortes muito profundos, infartos, derrames, afogamentos, queimaduras, fraturas expostas e picadas de animais peçonhentos.

Além disso, reações alérgicas graves, intoxicações por alimento ou medicamento, desmaios, febre alta permanente, convulsões, acidentes automobilísticos, atropelamentos e quedas também se enquadram como emergências.

O que pode ser considerado uma urgência?

Uma urgência também exige que o paciente procure um plantão hospitalar, porque normalmente envolve uma situação que pode evoluir e se tornar grave. Assim, são urgências fraturas fechadas, luxações, crises de asma e transtornos psiquiátricos. Da mesma maneira, retenção urinária em crianças e idosos, dor abdominal forte e moderada, febre e vômito constantes também são episódios que podem se tornar emergências se não forem solucionados.

Classificação de risco em urgência e emergência

Quando no hospital, o paciente passa por uma triagem para a classificação de risco. Tal procedimento tem o objetivo de garantir o atendimento prioritário àqueles em risco iminente. Dessa forma, os casos são avaliados e agrupados nas cores vermelha, laranja, amarela, verde e azul.

Vermelho significa emergência, ou seja, estado gravíssimo com necessidade de atendimento imediato. Já a cor laranja quer dizer que o caso é muito urgente e por isso tem muitas chances de evoluir para uma emergência. Enquanto o amarelo é para casos de gravidade moderada, urgentes, mas que não correm risco de evoluir com gravidade.

Por sua vez, o verde é utilizado em casos de pouca urgência e, normalmente, indica atendimento preferencial. Finalmente, o azul é indicativo de casos não urgentes como resfriados, escoriações, dores de garganta, pequenos cortes e contusões.

Hospital Daher atende urgência e emergência

O Pronto-Socorro do Hospital Daher oferece pronto atendimento 24 horas em clínica médica, pediatria e ortopedia. Também conta com cirurgiões geral e bucomaxilofacial alcançáveis. Estão à disposição o suporte do Laboratório Sabin de análises clínicas e do Centro de Imagem, que realizam uma ampla gama de exames para um diagnóstico rápido e preciso do cliente saúde Daher.

A estrutura do Pronto-Socorro do Hospital Daher conta com consultórios, leitos de observação e salas de nebulização, medicação, observação, gesso e reanimação cardiorrespiratória. Além disso, o Hospital Daher ainda mantém de sobreaviso profissionais de outras especialidades médicas para casos de necessidade.

schedule

Agende a sua consulta no Hospital Daher

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Segurança em cirurgia plástica começa nos cuidados gerais
Próximo post
👩‍🦳 A medicação ajuda a melhorar a flacidez, o contorno e o volume na face.⠀⠀➡ A Laser e…

Youtube Daher

Notícias Daher

share

Compartilhe:

mails

Receba nossas novidades:

Menu
Clique e marque