Cirurgia plástica pode garantir glúteos firmes e empinados

Viver em um país como o Brasil, onde se faz calor o ano todo e é rodeado das mais belas praias e cachoeiras, faz com que muitas mulheres invistam pesado para tentar construir um bumbum firme e empinado para desfilar à vontade em biquínis. Para isso, elas tentam de tudo: dietas, malhação, massagens, etc. Mas, muitas vezes, elas não conseguem alcançar o resultado almejado por conta das dificuldades que encontram em sua própria estrutura corporal, causadas pela predisposição genética familiar, como o achatamento das nádegas, ou a flacidez, que pode estar associada à fatores hormonais e à própria alimentação.

Para quem já tentou de tudo e ainda não conseguiu obter o bumbum dos sonhos, a cirurgia plástica pode ser uma ótima solução. Dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica apontam que houve um aumento de 367% no número de próteses no glúteo nos últimos quatro anos, fazendo do Brasil líder mundial no procedimento.

O cirurgião plástico José Carlos Daher, chefe de cirurgia plástica do Hospital Daher, no Lago Sul, trabalha com duas técnicas bem promissoras:

A primeira é a injeção de gordura nas nádegas, que é uma técnica bem recomendada àquelas pessoas que têm uma distribuição de gordura desfavorável, como nos flancos (pneus laterais), no abdômen, nas costas e nas coxas. Primeiro é feita uma lipoescultura nestas regiões, onde a gordura retirada será injetada posteriormente nas regiões glúteas. O material injetado poderá ser reabsorvido em parte ou em sua totalidade, dependendo do organismo de cada paciente, permanecendo, normalmente, em boa quantidade. Este procedimento é uma arma importantíssima para se “redesenhar” o contorno do tronco e da região glútea.

A tática é promissora, já que a gordura retirada poderá representar um ganho sem riscos, além de ter um resultado muito natural, que proporcionará, além do aumento, a elevação das nádegas e o combate à flacidez.

A segunda técnica utilizada pelo Dr. Daher é a utilização de implante de silicone, com resultado permanente e previsível. Esta técnica é indicada para aqueles que necessitam de uma projeção glútea maior e bem definida. Neste procedimento, o cirurgião implanta próteses específicas para a região, colocando-as na intimidade dos músculos das nádegas. Os resultados desta cirurgia sob o ponto de vista estético são excelentes, pois em geral, as pacientes que buscam um bumbum mais firme e empinado, e atingem seus objetivos de maneira plena, com um período de recuperação inicial de 8 a 10 dias. As complicações são aquelas inerentes a qualquer tipo de implante no corpo humano que pode ser rejeitado pelo organismo.

Dados divulgados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) mostram que a colocação de prótese de silicone nos glúteos teve um crescimento de 30%, refletindo o aperfeiçoamento das técnicas e próteses, que proporcionam resultados mais satisfatórios e recuperação mais rápida no pós-cirúrgico.

Quanto à celulite, que é uma queixa para 62,4% das brasileiras, de acordo com a pesquisa DermaBrasil, feita em 2010 pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), infelizmente, ainda não existe uma intervenção satisfatória. Ela geralmente é resultado de sobrepeso e a melhor recomendação é manter uma dieta saudável, praticar exercícios físicos como a ginástica e manter o peso ideal.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *