Cirurgias plásticas combinadas resolvem vários problemas estéticos de uma só vez

Para as pessoas que estão insatisfeitas com o próprio corpo e têm vontade de corrigir várias imperfeições estéticas ao mesmo tempo, aproveitando uma única internação, uma boa notícia: é possível fazer combinações de uma só vez, sem aumentar o risco cirúrgico. Para isso, o paciente deverá estar saudável e conversar com o cirurgião plástico para saber quais são os tipos de cirurgias que podem ser combinadas.

As associações mais comuns hoje em dia são a lipoaspiração com a abdominoplastia e mamoplastia e também a ritidoplastia, conhecida como lifting facial, junto à blefaroplastia, utilizada para a correção das pálpebras.

Entre as vantagens de combiná-las estão o período único de recuperação, custos reduzidos e a rápida satisfação do paciente.

Para o cirurgião plástico e fundador do Hospital Daher, José Carlos Daher, sempre que for possível, a cirurgia plástica combinada deve ser feita, já que ela tem um custo menor e garante uma única recuperação, desde que não sejam necessárias novas intervenções. Segundo o especialista, um exemplo clássico da utilização do procedimento é a cirurgia plástica pós-bariátrica, onde os pacientes, principalmente as mulheres, que perdem medidas e contorno com as mudanças causadas pela rápida perda de peso e excesso de pele, precisam remodelar abdômen, costas, nádegas e coxas.“Os resultados são lindos. O tempo do processo cirúrgico aumenta muito pouco e conseguimos fazer quatro procedimentos em um. É muito mais barato”, aconselha.

O grande bônus das cirurgias simultâneas é o conjunto estético obtido de uma só vez, já que normalmente o paciente pensa no resultado ao procurar a ajuda de um cirurgião plástico, ignorando o processo cirúrgico que deverá ser realizado para que ele seja concretizado.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *