Técnicas inovadoras são apresentadas em congresso nacional de cirurgia plástica

José Carlos Daher levou as ideias e os procedimentos mais modernos de serviço ao evento

O 52° Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica aconteceu em Belo Horizonte, entre os dias 11 e 15 de novembro. Considerado o maior evento científico de cirurgia plástica, não só no Brasil, mas no mundo, a edição reuniu mais de 2.200 cirurgiões de todas as regiões do país, além de congressistas internacionais.

No primeiro dia de palestras, especialistas de diversas nacionalidades puderam opinar sobre as melhores técnicas de cirurgia plástica do nariz, a rinoplastia, enriquecendo o evento. Nos outros dias, temas como mamoplastia, abdominoplastia, lipoaspiração e tumores de pele foram debatidos.

O cirurgião plástico e fundador do Hospital Daher Lago Sul, José Carlos Daher, esteve presente no evento como palestrante, onde pôde explicar algumas das técnicas cirúrgicas criadas por ele. “Existe uma queda natural das mamas e ensinei novos conceitos de cirurgia para obter resultados mais bonitos e duradouros. Como nada pode impedir a queda natural dos seios, eu e minha equipe continuamos pesquisando mais procedimentos para reduzir o efeito”, conta o especialista.

Outro trabalho apresentado pelo Dr. Daher demonstra que incisões na pele com bisturi elétrico podem ter resultados satisfatórios. “Às vezes esses bisturis modernos têm resultados melhores que os bisturis frios. Os especialistas acham que eles causam queimadura, mas em alguns casos, os resultados comparativos são bem satisfatórios”, revela.

O Dr. Daher também pôde contribuir com seus conhecimentos sobre lipoescultura pós-cirurgia bariátrica no Congresso. “Desenvolvemos uma sistematização que torna mais rápidas as cirurgias de retirada de pele e excesso de gordura em pacientes que fizeram a redução do estômago, sendo realizadas em apenas dois atos. Antes eram seis. Corrigimos abdômen, costas, coxas e nádegas, em um tempo menor, dentro dos parâmetros mais modernos de cirurgia segura”, explica.

Durante o evento, o Dr. Daher também aproveitou para fazer novas parcerias nas cirurgias de rejuvenescimento facial, um dos “carros-chefe” do hospital. “Estamos contratando empresas que nos fornecerão novos equipamentos para coleta da gordura e injeção na face para aperfeiçoarmos ainda mais nossos procedimentos”, explica.

O especialista também comenta o que mais chamou sua atenção durante o evento. “Um cirurgião relatou o caso de uma paciente que fez a retirada dos seios após um câncer de mama, mas que, após a radioterapia, ficou com a pele rígida, impedindo-o de utilizar as técnicas de reconstrução mamaria. Então, ele decidiu injetar nessa pele gordura de outras partes do corpo da paciente, como fazemos hoje em cicatrizes, e o resultado ficou incrível. A pele ficou mais bonita, flácida e permitiu a inserção do silicone e a reconstrução daquela mama. Essa foi uma parte importante do processo de discussão de um congresso, onde se ensina e se aprende”, conta.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *